Messi doa 1 milhão de euros a hospitais da Espanha e Argentina na luta contra o coronavírus

O craque Lionel Messi se juntou à luta contra o COVID-19 e, assim como outros jogadores, doou dinheiro para instituições que estão combatendo a pandemia com o intuito de comprar suprimentos médicos e ajudar na pesquisa para encontrar uma cura para a doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O camisa 10 do Barcelona fez a doação no valor de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões, na cotação atual) divididos entre o hospital Clínic, em Barcelona, e mais um centro na Argentina, seu país natal.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

- Leo Messi faz uma doação para combater o COVIC-19 no Clínic. Muito obrigado, Leo, por seu compromisso e apoio - postou a página do hospital no Twitter.

Ex-técnico do Barcelona e atualmente no Manchester City, o catalão Pep Guardiola também contribuiu na luta contra a pandemia e fez uma doação no mesmo valor que seu antigo jogador. A doação do comandante foi para o Colégio Oficial de Médicos de Barcelona. O Barcelona, por sua vez, colocou suas instalações à disposição do governo da Catalunha

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também