Messi conduz Argentina à semi da Copa América com bela atuação contra Equador

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

GOIÂNIA, GO (FOLHAPRESS) - Invicta e com boa atuação do astro Lionel Messi, a Argentina venceu o Equador, por 3 a 0, e conquistou a última vaga para a semifinal da Copa América. A partida foi realizada na noite deste sábado (3), no estádio Olímpico, em Goiânia.

Com a vitória, o time do técnico Lionel Scaloni vai encarar a Colômbia, que eliminou o Uruguai nos pênaltis mais cedo, em jogo monótono que terminou o tempo regulamentar sem gol, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O meia argentino De Paul abriu o placar para a Argentina, depois de receber a bola de Messi, no final do primeiro tempo. No segundo tempo, o camisa 10 aproveitou bobeira da defesa equatoriana, após pressão de Di Maria, e deu passe para Lautaro Martínez fazer o segundo.

Para finalizar com chave de ouro, o craque argentino marcou um golaço de falta, aos 47 da etapa final.

O ex-jogador do Barcelona não foi poupado de qualquer jogo por Scaloni na competição e mesmo assim seguiu com grande desempenho no duelo, com boas arrancadas e passes para finalização de jogadas contra o Equador, que teve como destaque o atacante Valencia.

A seleção argentina começou o jogo bastante ofensiva, sem deixar o time adversário do técnico Gustavo Júlio Alfaro tocar direito na bola.

Ainda no primeiro tempo, porém, o Equador reagiu à pressão da Argentina, mas em boa parte teve posse de bola mais na área defensiva, com recuo da seleção adversária. Aos 22 minutos, Messi perdeu gol chutando a bola no pé da trave. Cara a cara com o goleiro.

O Equador cresceu no segundo tempo, aumentou o volume do jogo e a marcação e manteve a partida equilibrada. No entanto, não conseguiu balançar a rede do gol adversário.

Além da derrota para a Argentina, o Equador terminou a competição também com uma coleção de três empates. Não venceu uma partida sequer. Os dois times não se enfrentavam na Copa América havia 17 anos.

A Argentina chegou às quartas de final depois de ser a líder do Grupo A, com 10 pontos, a mesma pontuação do Brasil, primeiro da chave B. O Equador foi o último na zona de classificação para o mata-mata no Grupo B, com três pontos —ficou à frente apenas da Venezuela, que terminou com dois.

Na semifinal, a Argentina, que tem 14 títulos da Copa América, um a menos que o Uruguai, vai enfrentar a Colômbia, no Mané Garrincha, na próxima terça-feira (6), às 22h.

O Brasil, que tem nove troféus da competição, vai encarar o Peru, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro, nesta segunda (5), às 20h. A final será no próximo sábado (10), às 21h, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 3 x 0 EQUADOR

Competição: Copa América 2021 - Quartas de final

Data: 03/07/2021 (sábado) Horário: 22h (de Brasília)

Local: estádio Olímpico, em Goiânia

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (BRA)

Assistentes: Danilo Manis (BRA) e Bruno Pires (BRA)

VAR: Wagner Reway (BRA)

Cartões amarelos: Amarelos: Otamendi e Nico González; Alan Franco e Estupiñán

Cartões vermelhos: Hincapié.

Gols: De Paul, aos 39 minutos do primeiro tempo, Lautaro Martínez, aos 39 minutos do segundo tempo, e Lionel Messi, aos 47 minutos do segundo tempo. Ambos pela Argentina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos