Messi aponta França como favorita na Copa do Mundo e elogia Brasil

Lionel Messi busca bater recorde de Gabriel Batistuta com a camisa da Argentina (ANDRES KUDACKI / AFP)


O astro da Argentina, Lionel Messi, apontou a França como favorita para ganhar a Copa do Mundo Qatar 2022. Em entrevista ao ex-jogador argentino, Jorge Valdano, do canal Movistar Plus, o craque afirmou que mesmo com os desfalques, a atual campeã mundial continua forte pelo título. O camisa 10 também fez elogios ao Brasil.

- Acho que a França, embora tenha jogadores lesionados, tem um potencial incrível. Eles têm muitos jogadores de qualidade, um treinador que está com o mesmo grupo há muito tempo e já ganhou uma Copa do Mundo. O Brasil tem um grupo de jogadores de muita qualidade, que desequilibram. Tem um nove, tem Neymar. Temos um grupo muito bom, jogadores que se divertem juntos. Tivemos o azar da lesão do Gio (Lo Celso). Vamos lutar. Vamos com essa ideia.

Messi também minimizou o fato da Argentina ser apontada com uma das favoritas. O craque afirmou que é preciso pensar jogo a jogo e destacou os poucos confrontos com seleções europeias.

- Qualquer seleção é complicada, qualquer que seja. É difícil vencer. Não tivemos muitos confrontos contra times europeus. Acho que chegamos em um bom momento, mas não devemos cair no erro da loucura das pessoas e acreditar que somos favoritos. Temos que ser realistas e ir passo a passo.

+ Com mais de 10 mil pessoas no treino, Argentina se prepara para amistoso

A Argentina chega ao Mundial com uma invencibilidade de 35 jogos. Mérito de Lionel Scaloni, técnico que recebeu muitos elogios de Messi.

- Scaloni sempre teve uma personalidade muito especial. Ele é um treinador muito bom. A melhor coisa que ele tem é a comunicação e como administra o grupo. Ele optou por escolher jogadores que seriam os melhores para a Argentina. Ele está convencido e não liga para o que os outros falam. A forma como o jogador é tratado faz do grupo o que ele é hoje. Ele sabe o que é estar na seleção e sempre foi muito respeitoso com todos.

A Argentina está no Grupo C da Copa do Mundo com México, Polônia e Arábia Saudita, adversário da estreia, que acontece no dia 22 de novembro, às 7h (de Brasília).