"Messi me ajudou muito. Algumas das minhas melhores memórias são contra ele", diz Alisson

O brasileiro ressaltou que enfrentar o vencedor da Bola de Ouro melhorou as próprias atuações em campo
O brasileiro ressaltou que enfrentar o vencedor da Bola de Ouro melhorou as próprias atuações em campo

Goleiro do Liverpool, Alisson afirmou ter chegado ao auge das atuações por poder jogar contra os melhores atletas do mundo, em especial, Lionel Messi. O camisa dez do Barcelona venceu na última segunda (02), a Bola de Ouro pela sexta vez e entrou, novamente, para a história do futebol.

Concorrente direto de Messi na premiação entregue pela revista francesa France Football, Alisson não venceu o troféu de Melhor Jogador do mundo, porém recebeu o prêmio Yashin sendo coroado o Melhor Goleiro da temporada.

“Quando jogamos contra os melhores, só podemos progredir. E Messi me ajudou muito!. Contra ele [Messi], experimentei algumas das minhas melhores lembranças do futebol”, disse Alisson à France Football

Ao longo do bate-papo, o brasileiro ainda citou o nome de alguns dos melhores goleiros da atualidade e deu destaque ao compatriota Ederson, do Manchester City: "Sempre estivemos competindo para sermos os melhores. Mas a sorte que tive com Ederson é tê-lo como um irmão mais velho”, e finalizou. “Nunca o considerei um rival, mas um apoio. Às vezes não tenho palavras para dizer o que ele significa para mim".

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também