Messi é maior que Maradona, diz Scaloni, técnico da Argentina

Lionel Messi e Leonel Scaloni chegam a Buenos Aires após conquistarem a Copa do Mundo de 2022, em Buenos Aires, Argentina

(Reuters) - Lionel Messi ultrapassou Diego Maradona como o maior jogador de todos os tempos, disse o técnico da Argentina, Lionel Scaloni, vencedor da Copa do Mundo.

"Se tiver que escolher um, escolho Leo, tenho algo especial com ele. Ele é o melhor de todos os tempos, embora Maradona também tenha sido enorme", disse Scaloni à rádio espanhola Cope nesta terça-feira.

Os torcedores argentinos há muito tempo preferem Maradona a Messi, mas as visões parecem estar mudando depois que o atacante do Paris Saint-Germain levou o time a erguer a Copa do Mundo no mês passado pela primeira vez desde que Maradona comandou a equipe ao título em 1986.

Scaloni também revelou que priorizou falar com Messi quando foi nomeado técnico da Argentina em 2018, enquanto o atacante fazia uma pausa na seleção após a desastrosa Copa do Mundo na Rússia.

"A primeira coisa que fizemos foi uma videochamada com Messi. Ele disse que estava honrado e a primeira coisa que dissemos a ele foi 'Volte. Esperamos por você'. Foi o que fizemos e oito meses depois ele veio e encontramos um grupo incrível", acrescentou Scaloni.

"Treinar Messi não é difícil. Você não pode corrigi-lo em nível técnico, mas às vezes você pode instruí-lo a pressionar ou atacar de uma certa maneira."

Scaloni também defendeu seu goleiro Emiliano Martínez depois que o jogador foi criticado por suas comemorações exageradas após o triunfo da Argentina, como fazer um gesto obsceno ao receber o prêmio Luva de Ouro e carregar um bebê de brinquedo com o rosto de Kylian Mbappé durante desfile em ônibus aberto.

"Existem atitudes com as quais ele não ficará feliz, mas é um cara espetacular. É como uma criança. É um cara incrível, sua personalidade contribuiu muito para o grupo", afirmou Scaloni.

(Reportagem de Richard Martin)