Bahia consegue triunfo fora de casa contra o Guabirá pela Sul-Americana

·2 minuto de leitura
Brazil's Bahia players celebrate after scoring against Bolivia's Guabira during their Copa Sudamericana football tournament group stage match at the Roberto Santos Stadium in Salvador, Brazil, on April 27, 2021. (Photo by Arisson MARINHO / AFP) (Photo by ARISSON MARINHO/AFP via Getty Images)

Se não deu para fazer uma apresentação vistosa, o Bahia cumpriu o papel mínimo diante da diferença técnica e bateu por 1 a 0 o Guabirá pela quarta rodada da fase de grupos na Sul-Americana. Resultado esse que, além de colocar o Esquadrão na ponta da chave, eliminou matematicamente o adversário da competição continental.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

MORNO

Nos minutos iniciais, nem a equipe baiana conseguia ser intensa o suficiente para envolver o sistema defensivo adversário e nem os donos da casa eram insinuantes usando a força do contra-ataque diante dos espaços que o time brasileiro teria de deixar com uma postura mais ofensiva. Dessa forma, os goleiros Mustafá e Matheus Teixeira trabalhavam somente nas reposições de tiro de meta, sendo espectadores no restante do tempo.

Leia também:

Somente quando Rossi começou a aparecer de maneira mais eficiente com as jogadas de velocidade no lado direito do ataque que o Esquadrão conseguiu ser perigoso e criar sua chance mais clara. Na bola onde Rodriguinho acionou o camisa 7 na linha de fundo, a devolução encontrou a cabeça do meio-campista, na pequena área, em bola que explodiu no travessão de Mustafá. 

GOLBERTO!

O início da etapa complementar veio com o mesmo ritmo mais travado dos primeiros 45 minutos, algo que, de certa forma, favorecia os anfitriões que tomavam poucos sustos em sua defesa. Porém, bastou Gilberto cair mais pelo lado de campo e partir pra cima da marcação com dois belos cortes que o espaço se abriu para uma batida forte, em diagonal, que superou o goleiro Mustafá.

SEGUROU O RESULTADO

Depois que abriu a contagem, o tricolor não exerceu a mesma volúpia que conseguiu no jogo do primeiro turno em Pituaçu, fator que deu ânimo para o Guabirá se arriscar um pouco mais na reta final do confronto buscando que já um surpreendente tento de igualdade.

Dessa forma, o time do interior boliviano acabou esbarrando nas suas dificuldades de criação e, mesmo tendo por mais tempo a posse, não foi capaz de levar muito perigo ao gol de Matheus Teixeira e o placar permaneceu favorável ao clube de Salvador.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
GUABIRÁ-BOL x BAHIA

Local:
Gilberto Parada, em Montero (BOL)
Data e hora: 13/05/2021 - 19h15
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego e Franchescoly Chacon (ambos VEN)
Cartões amarelos: Chore e Supayabe (GUA); Juninho Capixaba e Matheus Teixeira (BAH)
Cartões vermelhos: Zampiery (GUA)

GOLS: Gilberto (11'/2°T) (0-1)

GUABIRÁ-BOL (Técnico: Víctor Hugo Andrada)

Mustafá; Supayabe, Amarilla, Hoyos, Ibañez (Chore, aos 32'/1°T) e Leaños; Hurtado (William Álvarez, aos 23'/2°T), Mercado (Quiroga, aos 37'/2°T) e Peredo; Vogliotti e Bruno Pascua. 

BAHIA (Técnico: Dado Cavalcanti)

Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba, aos 37'/2°T); Daniel (Matheus Galdezani, aos 29'/2°T), Patrick de Lucca, Rossi (Maycon Douglas, aos 29'/2°T), Rodriguinho e Óscar Ruíz (Thaciano, aos 18'/2°T); Gilberto (Thonny Anderson, aos 37'/2°T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos