Mesmo fora do Cruzeiro, Adilson Batista fala sobre bastidores do clube

Valinor Conteúdo 
LANCE!


Mesmo com a demissão consumada e um desabafo depois do jogo contra o Coimbra (derrota do Cruzeiro por 1 a 0), o ex-técnico da Raposa, Adilson Batista, voltou a comentar os bastidores do clube azul.

O treinador disse que as decisões da Raposa serão tomadas de outras formas pelo conselho gestor, um ponto criticado em sua saída. Adilson Batista revelou a mudança em conversa com Carlos Ferreira, interlocutor do conselho gestor.

— Na área do futebol, os oito integrantes do Conselho Gestor estavam dando palpites. Hoje, conversando com o Carlos, ele me disse que ficou designado que quatro vão ficar no futebol e um tem a palavra final, que é o Carlos — disse Adilson em entrevista à ESPN Brasil.

Adilson também comentou que o departamento de futebol ficava isolado, sem autonomia do seu ex-diretor, Ocimar Bolicenho, que também foi demitido do clube.

— O departamento de futebol ficou isolado. Eles contrataram o Ocimar Bolicenho, mas que não tinha autonomia. Foram decididas muitas pendências, muitos processos, atletas entrando na Justiça e deixamos de lado contratações. O processo foi atrasando — contou Adilson.








O ex-técnico cruzeirense estava bem à vontade em falar dos bastidores da Raposa. Tanto que até opinou sobre quem poderá ser seu substituto. Os nomes de Guto Ferreira e Enderson Moreira são os mais cotados.

— Vim no ano passado com intuito de participar desse processo de reconstrução, sabia da dificuldade. Na remontagem, sabíamos que teríamos de ter paciência. E tranquilidade para suportar um início de dificuldade. Ali na frente, teríamos um time competitivo, a partir de maio, para conseguir o principal objetivo da temporada, que é o acesso. E que vai conseguir. Desejo sorte ao novo treinador, se será o Guto Ferreira, se será o Enderson Moreira. Eu desejo sucesso e estarei na torcida para que esse clube suba- disse.

Quanto ao diretor de futebol, Paulo Pelaipe, ex-Flamengo, que tem trabalhado com um patrocinador do São Caetano, é o preferido para assumir a vaga de executivo da Raposa.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também