Mesmo fora de combate, William Pottker frisa desejo de ajudar o Avaí

Pottker tem três gols e uma assistência em 27 partidas no clube (Fabiano Rateke/Avaí F.C.)


Apesar de não ter condições físicas de entrar em campo pelo Avaí, o atacante William Pottker reforçou o desejo de ajudar seus companheiros mesmo que, no momento, consiga fazer isso somente no aspecto emocional e psicológico.

>Vidente prevê final entre Flamengo e Athletico-PR

A fala do jogador que, segundo o portal estatístico 'Footstats', é o líder da equipe entre os atacantes em passes certos (537) e dribles bem-sucedidos (22) estave diretamente voltada ao próximo jogo do Leão no Campeonato Brasileiro.

Nesta quinta-feira (27), o Avaí visita o Cuiabá precisando de maneira urgente da vitória por dois motivos: alcançar o próprio clube mato-grossense na classificação (três pontos separam as equipes que estão em 19° e 18°, respectivamente) e diminuir de seis para três a distância para o Ceará, primeiro time atualmente fora do Z4.

- Mesmo de fora quero ajudar e apoiar a equipe nessa reta final de competição. Consegui ajudar dentro de campo até aqui e agora vou dar o máximo de apoio para que a gente saia dessa situação. Confio muito nos meus companheiros e sei que eles estarão preparados para essa partida importante contra o Cuiabá, que é adversário direto para fugir dessa zona incômoda - afirmou Pottker.

Sobre a situação física do avante, o Futebol Latino apurou que a lesão no adutor da coxa tem grau 1, sendo o prognóstico de retorno o compromisso diante do Santos que ocorre no próximo dia 5 de novembro.