Mesmo sem estrelas, United vence fora e sobe na tabela do Inglês

O Manchester United manteve a boa fase no Campeonato Inglês, superando o Middlesbrough fora de casa, por 3 a 1, na manhã deste domingo, pela 29ª rodada da competição. Marouane Fellaini, Jesse Lingard e Antonio Valencia marcaram para os vencedores, enquanto Gestede diminuiu para os mandantes, que fizeram a primeira partida sem o técnico Aitor Karanka, demitido durante a semana.

O técnico José Mourinho não contou com várias de suas principais estrelas. Ibrahimovic, suspenso. Além do sueco, Wayne Rooney e Paul Pogba, lesionados, também não atuaram. Assim, coube a coadjuvantes, como Fellaini, Lingard e Valencia, decidirem a vitória.

Com o triunfo, o United chegou aos 52 pontos, ultrapassando Everton e Arsenal para assumir o quinto lugar no Inglês, seguindo em busca de um lugar no G4, que leva à Liga dos Campeões. O Middlesbrough tem 22, e segue na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o time de Old Trafford joga em casa, diante do West Brom, que faz boa campanha, ocupando o oitavo lugar. O Boro, por sua vez, segue a luta contra o rebaixamento encarando o Swansea, um dos rivais diretos contra a degola.

O jogo – O United começou pressionando. Aos 6, Rashford saiu na cara de Victor Valdés, mas parou no goleiro espanhol. Logo depois, os donos da casa responderam com Ramírez, mas De Gea trabalhou bem.

O ex-goleiro do Barcelona voltou a evitar o gol dos Diabos Vermelhos aos 22, em duas finalizações, de Rashford e Valencia. Sete minutos depois, porém, os visitantes abriram o placar. Young cruzou e, de cabeça, Fellaini colocou no fundo das redes.

Antes do intervalo, Negredo ainda tentou o empate para o Middlesbrough, mas seu arremate de cabeça acabou saindo. Assim, as equipes foram para os vestiários com o placar de 1 a 0 para o Manchester United.

A segunda etapa começou em ritmo mais lento, mas na primeira oportunidade real, aos 17, a rede balançou. Lingard teve espaço para arrancar pelo meio e bateu firme, no ângulo, ampliando a vantagem do time de Mourinho.

Com os dois gols de frente, a equipe visitante passou a administrar mais o duelo, mas mesmo assim o Boro conseguiu voltar para o jogo. Aos 31, Gestede aproveitou bola que ficou na área e fuzilou De Gea: 2 a 1.

Assim, os minutos finais foram de tensão, com a torcida empurrando os donos da casa na tentativa do empate. Aos 42, Negredo chegou à área, mas se desequilibrou e acabou errando a finalização, já caído.

Já nos acréscimos, em infelicidade do goleiro Victor Valdés, que escorregou ao receber passe, o equatoriano Valencia aproveitou a chance que teve e matou a partida, marcando 3 a 1, definindo o placar final.