Mesmo com a vitória, técnico de Portugal se mostra incomodado com o placar: 'Não fez sentido'

Fernando Santos à beira do gramado contra Gana (Foto: KHALED DESOUKI / AFP)


Na visão de Fernando Santos, técnico de Portugal, a vitória por 3 a 2 sobre Gana na estreia das seleções na Copa do Mundo não traduziu o verdadeiro domínio português sobre as Estrelas Negras.

+ Quais são os maiores jogadores da Seleção em Copas do Mundo? Veja votação na redação do L!

- O 3 a 2 não fez nenhum sentido. Temos de tirar as coisas importantes positivas. Tivemos um primeiro tempo organizado. A Gana não nos incomodou. Jogaram em um bloco muito fechado. Tivemos muita posse de bola, mas faltou agredir o adversário - afirmou à CNN Portugal.

Após um primeiro tempo sem grandes chances, Fernando Santos pediu aos jogadores para manter a paciência, mas sem abusar da cautela. O treinador de 68 anos também lamentou os gols sofridos no lado direito da defesa.

- O jogo não foi fácil. No intervalo, disse aos jogadores que era preciso ter paciência, mas não tanta. O jogo estava tão bloqueado que só com paciência não íamos marcar gols. Eles perceberam, tentaram modificar o tipo de jogadas no ataque e foi assim que surgiu o pênalti. Depois, sofremos gols que vieram do nada, e não podemos cometer esses erros - analisou.

+ Veja tabela e simule os jogos da fase de grupos da Copa do Mundo

Fernando Santos evitou comentar o empate entre Uruguai e Coreia do Sul, e valorizou os pontos conquistados sobre Gana.

- Os três pontos são o que nos interessa, não o empate no outro jogo. Creio que com mais uma vitória podemos seguir em frente - finalizou.

O próximo adversário de Portugal no Qatar será o Uruguai. O confronto será na terça-feira (28), às 16h (horário de Brasília), no estádio Lusail.