Merecíamos ter perdido por mais, diz técnico saudita após derrota para o México

Técnico da seleção da Arábia Saudita, Hervé Renard, durante partida contra o México pela Copa do Mundo do Catar

Por Shady Amir

LUSAIL, Catar (Reuters) - O técnico da seleção da Arábia Saudita, Hervé Renard, disse que o goleiro Mohamed Al-Owais salvou sua equipe de uma humilhante derrota para o México em sua última partida na Copa do Mundo, na quarta-feira.

O México venceu por 2 x 1 e terminou em terceiro lugar no saldo de gols, atrás da Polônia, que perdeu por 2 x 0 para a Argentina, líder do Grupo C.

Depois de sua impressionante vitória sobre a Argentina, duas vezes campeã mundial, na estreia, a jornada da Arábia Saudita no torneio terminou com eles na última posição da classificação.

"O resultado não reflete a realidade da partida, pois merecíamos perder por mais gols se não fosse por Al-Owais", disse Renard em uma coletiva de imprensa.

"Ele nos salvou no terceiro minuto e não conseguimos lidar com a intensidade e o entusiasmo do México nos duelos", disse.

"Sofremos fisicamente, e tivemos que nos adaptar à lesão do zagueiro Ali Al-Bulaihi. O México era a melhor equipe e sabíamos que eles jogariam agressivamente para marcar mais gols e se classificar para a próxima rodada."

O treinador francês se recusou a culpar o fato de sua equipe ter perdido quatro jogadores devido a lesão e suspensão.

"O elenco inclui 26 jogadores, e temos que lidar com o que temos. Sim, as lesões nos afetaram, mas elas não são uma desculpa. Contra a Polônia, éramos o melhor time, mas não fomos eficientes no último terço, mas hoje jogamos mal."

Renard disse que parabenizou os jogadores sauditas por seu desempenho no torneio.

"Fizemos o nosso melhor e não vamos esquecer o trabalho que fizemos juntos. Estou orgulhoso de trabalhar com a equipe e os jogadores, mas não merecíamos ganhar hoje", acrescentou ele.

Renard falou sobre a dificuldade de participar da Copa do Mundo por causa da força das equipes.

"O que nos aconteceu foi repetido com o Catar e a Tunísia. É difícil chegar à próxima rodada", disse ele. "A Arábia Saudita conseguiu isso uma vez antes, há muito tempo atrás, em 1994. Sonhamos em voltar à Copa do Mundo e nos classificarmos para a próxima rodada."

Renard indicou que a Arábia Saudita começará a se preparar para a Copa Asiática, que será sediada pelo Catar ou no final de 2023 ou em 2024.

"Temos muito tempo para nos prepararmos para a Copa Asiática, que poderá ser realizada no final do próximo ano. Ganhar o título e ter sucesso nas próximas eliminatórias para a Copa do Mundo estão entre os objetivos da equipe saudita", disse ele.