Mercedes se diz “ok” com encontros de Hamilton e Ferrari: “É um mundo livre”

Redação GP

Toto Wolff disse que ficaria “totalmente ok” com eventuais encontros entre Lewis Hamilton e John Elkann, presidente do grupo Fiat Chrysler. O chefe da Mercedes, no entanto, falou em indícios de que o #44 seguirá com a escuderia prateada na Fórmula 1.

O jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’ noticiou neste sábado que o piloto já teve dois encontros com Elkann ao longo da temporada. O contrato de Hamilton com a Mercedes expira no fim do próximo ano.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Perguntado sobre como vê as reuniões de Hamilton com a Ferrari, Wolff respondeu: “Estou totalmente ok com isso”.

Toto Wolff (Foto: Mercedes)


Paddockast # 44

RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM






“Acho que este é um mundo livre e eu reconheço que todos precisam explorar opções profissionais e tomarem a melhor decisão por si mesmos. Os pilotos e todos os outros”, comentou Wolff. “Então, tenho problema zero. Um piloto vai sempre tentar estar com o carro mais rápido possível e o carro mais rápido possível sempre vai tentar ter o melhor piloto”, ponderou.

 

“Então existe um bom consenso entre nós do que estamos tentando atingir”, frisou.

 

Ainda, Toto comentou a declaração de Mattia Binotto, chefe da Ferrari, que alegou que fica feliz em saber que Hamilton não tem contrato para 2021.

 

“Eu, na verdade, sentei ao lado de Mattia quando ele disse isso na coletiva de imprensa. E ele foi questionado sobre o que achava de Lewis, e disse que tem a maior estima por Lewis”, lembrou. “Você também pode apostar que, se ele encontrar com o presidente, ele também não vai falar mal [de Hamilton]”, continuou.

 

“Então estou totalmente relaxado com a situação. Nós precisamos lutar bastante para dar aos pilotos o carro mais rápido possível”, reconheceu. “E, se pudermos fazer isso, estou 100% certo de que teremos o melhor line-up possível no carro”, apontou.

 

“E tudo indica para a continuidade do nosso relacionamento, mas na vida você nunca sabe”, frisou. “E, portanto, como eu disse antes, sou muito aberto em relação a isso. Comecei a abraçar o fato de que todo mundo tem seus objetivos e precisam ter as melhores oportunidades para suas carreiras”, ressaltou.

 

“Nesse sentido, sou absolutamente aberto a que todos explorem opções”, comentou. “Mas, obviamente, a minha prioridade pessoal em relação ao time é continuar nossa bem sucedida jornada [com Hamilton]”, concluiu.

 

A F1 volta a acelerar em Abu Dhabi neste sábado, a partir de 7h (horário de Brasília) com o terceiro treino livre, enquanto a classificação está marcada para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga a cobertura aqui.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.







Leia também