Mercedes pede revisão de disputa entre Hamilton e Verstappen em Interlagos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
SAO PAULO, BRAZIL - NOVEMBER 14: Lewis Hamilton of Great Britain driving the (44) Mercedes AMG Petronas F1 Team Mercedes W12 leads Max Verstappen of the Netherlands driving the (33) Red Bull Racing RB16B Honda during the F1 Grand Prix of Brazil at Autodromo Jose Carlos Pace on November 14, 2021 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)
Lewis Hamilton, da Mercedes, ultrapassou Max Verstappen, da Red Bull Racing na volta 49 do GP de São Paulo. Foto: (Buda Mendes/Getty Images)

A bandeirada final, dada pela ginasta medalhista olímpica Rebeca Andrade, que marcou o emocionante fim da corrida, não marcou, porém, o fim do Grand Prix de São Paulo da Fórmula 1. Após a divulgação do vídeo de bordo do carro de Max Verstappen, líder do campeonato, a Mercedes solicitou à Federação Internacional do Automobilismo (FIA) a revisão da disputa.

Na volta 49, quando Lewis Hamilton e Verstappen batalhavam pela primeira posição, o piloto holandês 'deixou o carro' impedindo que Hamilton pudesse ultrapassá-lo. A manobra fez com que ambos os carros saíssem da pista no trecho da Descida do Lago.

Leia também:

O pedido de revisão da montadora alemã foi feito após os perfis oficiais da Fórmula 1 divulgarem o vídeo de bordo do carro de Verstappen. A direção de prova havia solicitado as imagens, mas não foram entregues até o início desta semana.

Toto Wolff, gestor da Mercedes, não achou uma disputa justa e disparou contra a FIA: "Levamos muitos socos na cara neste fim de semana, com decisões que poderiam ter oscilado contra nós ou a nosso favor. Mas quando as decisões sempre vão contra você, isso é algo que me deixa com raiva. Eu vou defender minha equipe e meus pilotos do que vier. Sempre fui muito diplomático na maneira como discuto as coisas. Mas a diplomacia acabou hoje".

Restam três etapas para o final da temporada 2021 da Fórmula 1. Verstappen lidera o ranking, mas viu Hamilton, com a vitória, se aproximar e diminuir a diferença de 21 para 14 pontos. A próxima corrida é no Catar, no próximo fim de semana. A última etapa será em 12 de dezembro no GP de Abu Dhabi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos