Mercedes explica por que rejeitou plano de corridas com grid invertido na F1

Jonathan Noble
motorsport.com

Os chefes das equipes de F1 discutiram a ideia de fazer corridas curtas de classificação, com grid reverso, de acordo com o posicionamento da primeira prova, em locais que receberão duas corridas seguidas no calendário deste ano, como uma maneira de tornar os eventos mais emocionantes.

Mas, apesar da maioria das equipes ser favorável à mudança, a Mercedes não estava disposta a aceitar o plano, o inviabilizando por precisar de apoio unânime.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mercedes se opõe à proposta de corrida de classificação com grid invertidoWolff: Mercedes não irá descartar Vettel como opção para 2021Mercedes tem "intenção clara" de continuar na F1 e com Toto Wolff ao lado

Falando à mídia selecionada nesta quarta-feira durante teleconferência, o chefe da equipe, Toto Wolff deixou claro que havia três razões claras pelas quais a Mercedes não estava disposta a aceitar o grid reverso.

"Parece ser um padrão comum na Fórmula 1 que estamos desenterrando ideias antigas que foram analisadas anteriormente e rejeitadas", disse ele.

"Então alguém pensa que é ótimo e está de volta à agenda. Então, você precisa examinar os motivos pelos quais fomos contra e há três motivos fundamentais."

"Primeiro, acredito que a F1 é uma meritocracia. O melhor homem nas melhores máquinas vence. Não precisamos de um artifício para mudar o grid para criar corridas mais emocionantes."

"Número dois, eu sei pelas corridas de turismo que as estratégias se tornam uma ferramenta muito útil quando um resultado de corrida está basicamente fazendo o grid da próxima.

"Imagine um dos pilotos que não correu bem na corrida de domingo do primeiro fim de semana de Spielberg e você decide trocar o carro por algum problema mecânico. Esse será o carro que começa da pole."

"E se o carro que começa na pole na corrida classificatória estiver dentro dos médios, ele certamente estará na pole para domingo e vencerá a corrida. Haverá carros no meio que defenderão e bloquearão o máximo que puderem."

"E, portanto, para os carros rápidos vindos de trás, isso significa mais riscos e isso pode influenciar o campeonato.”

"E então [terceiro], do ponto de vista do desempenho puro, quem quer que seja o carro mais rápido, e não somos necessariamente nós, será penalizado [em comparação com o] segundo e terceiro times mais rápidos, porque eles simplesmente começarão na frente."

"Como sabemos, as diferenças geralmente não são muito grandes, portanto, é um pouco oportunista dar uma vantagem a algumas equipes."

Enquanto o chefe da Red Bull, Christian Horner, disse que seria decepcionante se a F1 não aproveitasse a oportunidade do calendário para experimentar formatos, Wolff está claro que nem os fãs parecem querer grids reversos.

"Dissemos que não é hora de experimentar coisas que curiosamente nem sequer tinham o apoio da comunidade de fãs da Fórmula 1", disse ele. "Em uma pesquisa, apenas 15% manifestaram interesse."

Relembre todos os carros da Mercedes na F1

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R <span class="copyright">Daimler AG</span>
1954: Mercedes-Benz W 196 R Daimler AG

Daimler AG

1954: Mercedes-Benz W 196 R

1954: Mercedes-Benz W 196 R <span class="copyright">Daimler AG</span>
1954: Mercedes-Benz W 196 R Daimler AG

Daimler AG

1955: Mercedes-Benz W 196 R

1955: Mercedes-Benz W 196 R <span class="copyright">Daimler AG</span>
1955: Mercedes-Benz W 196 R Daimler AG

Daimler AG

2010: Mercedes MGP W01

2010: Mercedes MGP W01 <span class="copyright">XPB Images</span>
2010: Mercedes MGP W01 XPB Images

XPB Images

2011: Mercedes MGP W02

2011: Mercedes MGP W02 <span class="copyright">XPB Images</span>
2011: Mercedes MGP W02 XPB Images

XPB Images

2012: Mercedes F1 W03

2012: Mercedes F1 W03 <span class="copyright">XPB Images</span>
2012: Mercedes F1 W03 XPB Images

XPB Images

2013: Mercedes F1 W04

2013: Mercedes F1 W04 <span class="copyright">XPB Images</span>
2013: Mercedes F1 W04 XPB Images

XPB Images

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid

2014: Mercedes F1 W05 Hybrid <span class="copyright">XPB Images</span>
2014: Mercedes F1 W05 Hybrid XPB Images

XPB Images

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid

2015: Mercedes F1 W06 Hybrid <span class="copyright">XPB Images</span>
2015: Mercedes F1 W06 Hybrid XPB Images

XPB Images

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid

2016: Mercedes F1 W07 Hybrid <span class="copyright">XPB Images</span>
2016: Mercedes F1 W07 Hybrid XPB Images

XPB Images

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid

2017: Mercedes F1 W08 Hybrid <span class="copyright">Mercedes AMG</span>
2017: Mercedes F1 W08 Hybrid Mercedes AMG

Mercedes AMG

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+

2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+ <span class="copyright">Steve Etherington / Motorsport Images</span>
2018: Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+ Steve Etherington / Motorsport Images

Steve Etherington / Motorsport Images

2019: Mercedes AMG W10

2019: Mercedes AMG W10 <span class="copyright">Steve Etherington / Motorsport Images</span>
2019: Mercedes AMG W10 Steve Etherington / Motorsport Images

Steve Etherington / Motorsport Images

2020: Mercedes AMG F1 W11

2020: Mercedes AMG F1 W11 <span class="copyright">Mercedes AMG</span>
2020: Mercedes AMG F1 W11 Mercedes AMG

Mercedes AMG

2020: Mercedes AMG F1 W11

2020: Mercedes AMG F1 W11 <span class="copyright">Mercedes AMG</span>
2020: Mercedes AMG F1 W11 Mercedes AMG

Mercedes AMG

2020: Mercedes AMG F1 W11

2020: Mercedes AMG F1 W11 <span class="copyright">Mercedes AMG</span>
2020: Mercedes AMG F1 W11 Mercedes AMG

Mercedes AMG

2020: Mercedes AMG F1 W11

2020: Mercedes AMG F1 W11 <span class="copyright">Mercedes AMG</span>
2020: Mercedes AMG F1 W11 Mercedes AMG

Mercedes AMG

VÍDEO: Onipresente: entenda o poder de Toto Wolff na F1

PODCAST: A Williams tem salvação?

Your browser does not support the audio element.

Leia também