Mensagem de torcedora faz funcionário de time da NHL descobrir câncer

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Nadia Popovici e Brian Hamilton se encontram pela primeira vez (Foto: Vancouver Canucks)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O primeiro jogo em casa do Seattle Kraken, novo time da NHL, no dia 23 de outubro de 2021 ficará marcado para sempre na memória da torcedora Nadia Popovici e do diretor assistente de equipamentos do Vancouver Canucks, Brian "Red" Hamilton. Mas não pelo jogo, e sim porque uma ação de Nadia acabou salvando a vida de Brian.

Antes do primeiro reencontro entre Kraken e Canucks em Seattle neste sábado (1), a equipe canadense postou uma carta de Hamilton no Twitter, pedindo ajuda para encontrar uma mulher que mostrou uma mensagem a ele em outubro e que foi responsável pelo diagnóstico de um melanoma, um tipo de câncer.

Leia também:

Hamilton relatou em entrevista coletiva que entre períodos, uma torcedora do Kraken bateu no vidro tentando chamar sua atenção e mostrou uma mensagem dizendo que a verruga que ele tinha na nuca poderia ser cancerígena. 

O funcionário dos Canucks voltou para Vancouver, pediu a ajuda de um dos médicos da franquia, que retirou parte de verruga e mandou para biopsia. O resultado foi um melanoma maligno de tipo 2. Mas como foi descoberto cedo, ele ainda não tinha penetrado a pele, sem causar danos. O restante foi retirado por uma médica especializada, que afirmou que se Hamilton tivesse passado cerca de quatro anos sem dar atenção a aquela marca, ele poderia morrer.

Enquanto Hamilton dava a entrevista, a torcedora misteriosa foi encontrada através de uma postagem em um grupo de fãs do Kraken no Facebook. No entanto, Nadia estava dormindo porque tinha passado a virada do ano como voluntária em uma linha de prevenção de suícidio.

Mais tarde, antes da partida na Climate Pledge Arena, Hamilton e Popovici se encontraram pela primeira vez desde aquela noite e puderam trocar palavras. Hamilton agradeceu a torcedora pelo esforço para que ele pudesse ver a mensagem e repassou mensagens de sua família, enquanto Popovici deu elogiou a esposa de Hamilton, que o encorajou a buscar opinião médica sobre o assunto.

Durante o jogo, Popovici foi surpreendida pelas duas franquias, que criaram uma bolsa escolar de 10 mil dólares para ajudar nos seus estudos. A torcedora de 22 anos se formou na Universidade de Washington em 2019 e foi aceita em várias escolas médicas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos