A menos de uma semana do fim de contrato, 'jogo vira' em situação entre Jemerson e Corinthians

·2 minuto de leitura


A menos de uma semana do fim de contrato com o Corinthians, o zagueiro Jemerson, que já era carta fora do baralho nos planos da diretoria corintiana, teve uma virada na situação no que se refere as pretensões do clube.

Durante a última semana, o Timão perdeu dois defensores: Bruno Méndez, liberado por empréstimo ao Internacional, e Danilo Avelar, que teve o contrato rescindido com o clube, por conta de um ato racista durante um jogo online, abrindo espaço para a permanência de Jemerson.

>> Baixe o novo app de resultados do LANCE!
>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Contudo, a diretoria corintiana terá que buscar o estafe do camisa 3 rapidamente, já que o vínculo do zagueiro com o Timão se encerra na próxima quarta-feira (30), alterando a condição do negócio, já que o clube, que até o então não mostrava interesse na renovação, se torna parte interessada.

Nas últimas semanas, Jemerson recebeu diversas consultas, já que a partir da próxima quinta-feira (1º) ficará disponível no mercado. A maioria desses contatos foram do futebol asiático. O atleta, inclusive, já avaliava deixar o Brasil novamente.

Com uma política de enxugamento de custos, a nova diretoria corintiana, que assumiu o clube no início deste ano, tinha um entendimento de que o camisa 3 possui um alto salário para uma posição onde o clube estava bem servido.

No entanto, o que eram seis opções no plantel entre os zagueiros, agora são quatro, e com uma saída do Jemerson seria três: Gil, João Victor e Raul Gustavo. Além disso, a atual gestão já cedeu 14 jogadores por empréstimo em seis meses, além de recentemente negociar a rescisão com o meia Camacho, para que o atleta acertasse com o Santos, e desligar Danilo Avelar. O meia Otero tem contrato até o dia 30 de junho e também não deve permanecer. Tudo isso, abre espaço na folha salarial corintiana.

Questionado sobre essa perda em barca de zagueiros, o técnico Sylvinho, em entrevista coletiva virtual, após a vitória por 2 a 1 contra o Sport, na última quinta-feira (24), pela sexta rodada do Brasilerão, valorizou as peças que tem em mão e a base como forma de garimpo.

- Ainda não houve um tempo, tudo foi muito rápido, nossa cabeça estava voltada somente para esse jogo contra o Sport, guardamos todas as nossas energias para isso, e foi tudo bem direcionado. Gosto muito dos zagueiros que nós temos, mistura de dois ou três jovens com o Gil, que tem estado muito firme, muito bem também, conhece a posição, nós já tínhamos trabalhado juntos, eu em uma outra função, mas a didática e a metodologia são praticamente as mesmas, tem nos ajudados bastante. Os jovens crescendo, precisam maturar, é importante que eles façam minutos, enfim, dentro de pouco tempo a gente volta a avaliar isso - disse o treinador.

Contratado pelo Corinthians em novembro do ano passado, Jemerson disputou 21 partidas e marcou três gols.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos