Meninos da base resolvem e dão vitória ao Galo sobre o Goiás

Valinor Conteúdo
LANCE!
Marquinhos mostrou bom futebol mais uma vez e marcou o seu primeiro gol como profissional pelo Galo (Bruno Cantini/Atlético)
Marquinhos mostrou bom futebol mais uma vez e marcou o seu primeiro gol como profissional pelo Galo (Bruno Cantini/Atlético)


O reencontro do Atlético-MG com o Mineirão foi positivo. O Galo venceu o Goiás por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, gols dos jovens Marquinhos e Bruninho. O resultado aliviou um pouco a pressão sobre o time, além de elevar o alvinegro da 13ª para a 12ª posição, agora com 39 pontos.

> Confira a classificação atualizada e simule os resultados

O esmeraldino ficou com 42 pontos, perdendo a chance de se aproximar das equipes que estão na luta pelo G6 do campeonato.

Com uma proposta ofensiva desde o início, o Atlético foi para cima do Goiás, que optou em se defender mais do que tentar o gol. Apesar do empenho, o Galo só conseguiu colocar a bola nas redes de Tadeu, que evitou um placar maior, quando colocou em campo os meninos da base, que resolveram o jogo para o time mineiro.

A vitória dá moral para o time atleticano, que vai para o clássico contra o Cruzeiro, no domingo, 10 de novembro, mais confiante.

Galo em alta rotação

O time foi para o duelo no Mineirão querendo apagar as más atuações e contou com o apoio do torcedor desde o início, quando imprimiu um ritmo veloz de jogo, buscando o gol e obrigando o goleiro Tadeu a fazer diversas intervenções.

Goiás defensivo

O time de Ney Franco veio com uma proposta de jogo de se segurar na defesa e tentar alguma jogada nos contra-ataques. Porém, o Esmeraldino exagerou na dose de cautela e praticamente abdicou de jogar no primeiro tempo.















Tadeu, destaque do Goiás

O Galo teve pelo menos três chances reais de gol na etapa inicial. Mas o goleiro goiano, um dos destaques do Brasileirão, estava em boa noite, evitando os tentos atleticanos.

Base vem forte

Vagner Mancini começou o segundo tempo com a entrada do meia Marquinhos, que já havia feito um bom jogo diante do Fortaleza. O menino da base deu novo fôlego para o time.

Explosão no Mineirão... Marquinhos faz o gol e se emociona

O menino atleticano, que já foi cuidador de carro, servente de pedreiro, sendo destaque no time sub-20, fez boa jogada, girou e bateu forte no canto direito de Tadeu. Galo 1 a 0. Marquinhos se emocionou com o primeiro gol no profissional. Pouco depois, ele quase fez o segundo.

Mais base nas redes... Bruninho sela a vitória

Nos acréscimos, o meia Bruninho encerrou a fatura no Mineirão. Ele dominou e bateu no canto esquerdo de Tadeu. O outro valor da base mostrou que a solução para o time pode estar dentro da Cidade do Galo. Atlético-MG 2 x 0 Goiás. Alívio e alegria no Mineirão. Agora é o clássico diante da Raposa.

Agenda dos clubes

O Galo terá o clássico contra o seu maior rival, Cruzeiro, no domingo, 10 de novembro, às 16h, no Mineirão. Já o Goiás recebe o Santos no sábado, 9, às 17h, no Serra Dourada, na capital goiana.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 0 GOIÁS
Estádio
: Mineirão- Belo Horizonte(MG)
Data-hora: 6 de novembro, às 20h30
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto(SP)
Assistentes: Neuza Inês Back e Evandro de Melo Lima(SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral(SP)
Cartões Amarelos: Rafael Moura, Leandro Barcia (GOI)
Público e renda: 38.937 / R$ 230.750,00

Gols: Marquinhos, aos 8’-2ºT(1-0), Bruninho, aos 48’-2ºT(2-0)

ATLÉTICO-MG: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison; Luan, Elias (Marquinhos- intervalo), Cazares(Bruninho, aos 16’-2ºT) e Otero(Terans, aos 43’-2ºT); Franco Di Santo. Técnico: Vagner Mancini

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha(Breno, aos 39’-1ºT), Lucão, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto(Caio, aos 37’-2ºt), Thalles e Léo Sena(Trindade, aos 24’-2ºT); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco


































Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também