Mendy se recupera e sai de campo como peça fundamental em vitória do Senegal na Copa


Senegal venceu o Qatar por 3 a 1 e somou os primeiros três pontos na Copa do Mundo. Além da situação melhor na tabela de classificação, o triunfo senegalês mudou um cenário que era desanimador de um dos principais jogadores da equipe: Édouard Mendy.

+ Senegal é a primeira equipe africana a vencer nesta Copa do Mundo

O goleiro foi um nome importante para garantir a vitória da equipe africana. Após o segundo gol na partida de hoje, Senegal baixou suas linhas e chamou a equipe do Qatar para o ataque. Em duas oportunidades, Afif parou no arqueiro do Chelsea, que evitou uma reação imediata dos anfitriões. Ele apenas não defendeu a cabeçada perfeita de Muntari, aos 32 minutos da etapa final.

A atuação pode ter sido crucial para a continuidade de Senegal na Copa. Com a ausência de Mané, Mendy talvez seja a principal referência do elenco e recuperar a autoestima de um atleta desse calibre é importante para todo o grupo.

No confronto anterior, diante da Holanda, a partida do goleiro foi muito abaixo do nível que costuma ter. Ele falhou nos dois gols e foi bastante criticado. Somado a isso, Mendy vinha de jogos ruins pelo Chelsea antes do Mundial, algo que poderia aumentar a insegurança sob a meta senegalesa.

O momento ruim do arqueiro, inclusive, foi tema da coletiva pré-jogo do técnico de Senegal, Aliou Cissé. Na fala, o comandante buscou motivar o goleiro - algo que parece ter refletido na atuação nesta sexta-feira.

- As qualidades de Edouard Mendy são inquestionáveis. Ele é um menino que realmente está passando por momentos difíceis, mas não tenho dúvidas. Ele tem minha total confiança, assim como de seus companheiros de equipe e, de fato, amanhã ele estará em campo - disse Aliou Cissé antes do confronto diante dos qataris.

Com Mendy motivado, Senegal volta a campo no próximo dia 29, diante do Equador, pela última rodada do Grupo A. A partida pode definir a classificação senegalesa às oitavas de final da competição.