Mendy, do Manchester City, não obtém fiança e continuará sob custódia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Benjamin Mendy com troféu, após conquista de título do Manchester City
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - Benjamin Mendy, zagueiro do Manchester City, não obteve fiança de um tribunal de Chester nesta quarta-feira e continuará sob custódia antes de um possível julgamento por estupro e agressão sexual, noticiou a mídia britânica.

O jogador de 27 anos foi colocado sob custódia na sexta-feira passada depois de comparecer à Corte dos Magistrados de Chester um dia depois de supostamente ter recebido quatro acusações de estupro e uma de agressão sexual.

Mendy não se pronunciou formalmente sobre as acusações, de acordo com reportagens, mas seu advogado disse que ele as nega.

Ele não compareceu à audiência de fiança nesta quarta-feira e deve ir ao tribunal no dia 10 de setembro.

Os crimes imputados a Mendy, que foi suspenso por seu clube, teriam acontecido entre outubro de 2020 e agosto de 2021, disse a polícia de Cheshire na semana passada.

O integrante da seleção francesa trocou o Mônaco pelo City em 2017 por 52 milhões de libras esterlinas e já conquistou três títulos da liga inglesa durante sua estadia em Manchester.

(Por Dhruv Munjal em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos