Meligeni lamenta corte de jogo de Bia Maia. ESPN reconhece erro

·2 minuto de leitura


Um dos grandes nomes do tênis brasileiro e comentarista da ESPN, Fernando Meligeni se pronunciou sobre o corte de transmissão do jogo de Beatriz Haddad Maia contra a número três do mundo, a tcheca Karolina Pliskova na noite de segunda-feira.

A brasileira vencia por 6/3 4/3 e quebra quando o canal cortou abruptamente a transmissão às 20h para passar programa relativo à NFL, a liga de futebol americano, deixando a partida no aplicativo Star+. Bia conseguiu a vitória por 6/3 7/5, sua maior na carreira e a maior de uma brasileira em décadas.

As reações foram as piores possíveis e o canal recebeu ataques de todos os lados nas redes sociais.

Meligeni, que não participou da transmissão, comentou em seu Instagram: "Sei que muitos estão tristes com o acontecido. Nós também estamos. Eu particularmente com a repercussão. Afinal não participo da decisão. Nem estava na transmissão e recebi milhares de mensagens e ataques. Como se eu e o Narda (Fernando Nardini) tivessemos apertado o botão desliga. Não há dúvidas que se errou na decisão. eu não sei se poderia se fazer diferente. Existem exigências contratuais, decisões que nem conhecemos. Mas precisamos refletir, a TV vem mostrando muito tênis, comprou muitos direitos, tenta colocar o máximo possível na grade, me trouxe de volta. Isso não justifica, eu sei, mas pelo que li e vi parece que às vezes esquecemos que decisões são feitas por pessoas. Muitas ou poucas. E elas erram ou precisam fazê-la. Já se está conversando a respeito e se reconhece o erro internamente. Não tenham dúvida disso. Decisões serão diferentes a partir de agora", disse Meligeni que seguiu.

"A decisão de odiar ou tentar entender é pessoal. Mas me parece que precisamos entender que o erro faz parte do jogo. Todos erramos. Hoje a rodada volta com tudo. Bia estará na TV e eu terei o prazer de comentar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos