Melhor do clássico? Nem Nestor acreditou na possibilidade ao ser informado pelo São Paulo

Nestor teve atuação elogiada no clássico de domingo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


Rodrigo Nestor foi eleito o melhor em campo no empate sem gols do São Paulo com o Palmeiras, domingo (22), no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. E o fato pegou o jogador de surpresa.

Nestor revelou que chegou a ser alvo de brincadeiras de amigos na saída de campo. E nem suspeitou da premiação quando foi chamado pela assessoria do clube para dar entrevistas após a partida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ Futuro goleiro do Flamengo acerta com time de Cristiano Ronaldo, Vasco tem interesse em zagueiro… o Dia do Mercado!

- Na verdade, o pessoal até mandou, me zoando, perguntando se eu estava surpreso. Não, foi que ele (o assessor de imprensa do São Paulo) me chamou para dar entrevista… eu entendi na hora que era para dar entrevista, e geralmente, depois dos jogos, quem vai é o capitão ou os jogadores mais experientes. Depois, fiquei feliz de saber que eu fui o craque do jogo. Estou muito feliz.

Sobre a partida em si, o meia disse que ficou satisfeito com o rendimento do Tricolor em campo.

- É lógico que nós queremos ganhar, mas clássico é um jogo complicado, ainda mais aqui no campo deles, que tem um gramado diferente. Acho que a equipe sofre no começo para se adaptar e depois vai levando melhor o jogo. Você sempre entra para ganhar clássico, mas também foi importante não perder.

E o que faltou para o São Paulo? Nestor é direto.

- Faltou o gol. Nós tivemos chances, assim como eles, mas é difícil, porque clássico é complicado, ainda mais aqui. Mas acredito que nós tivemos chance de ganhar. Como eu disse, não fico triste, mas também não fico feliz pelo empate.

> Confira jogos, classificação e simule os resultados do Paulistão-23