Meia revela que não está feliz no Paris Saint-Germain

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O meia Wijnaldum, contratado na última janela de transferências pelo Paris Saint-Germain, afirmou que não está satisfeito com os poucos minutos que vem recebendo na equipe de Mauricio Pochettino. Em entrevista à "NOS", o atleta confirmou que não esperava passar por essa situação.

- Não posso dizer que estou completamente feliz, pois a situação não é a que eu queria, mas o futebol é assim e terei que aprender a lidar com isso. Tenho que trabalhar duro para dar a volta por cima. Joguei muito nos últimos anos, sempre estive em forma. Tinha muita vontade nessa nova etapa e quando chega, acontece isso. É complicado.

> Veja a tabela da Ligue 1

A presença de Wijnaldum no banco de reservas não é a única polêmica no atual vestiário do PSG. O goleiro Donnarumma, eleito melhor jogador da última Eurocopa, também não consegue tomar o lugar de Keylor Navas, que possui contrato até 2024 e o apoio de grande parte do grupo.

Wijnaldum teve a oportunidade de vestir a camisa do Barcelona e esteve com os termos pessoais acordados com a diretoria culé, mas decidiu jogar no Paris Saint-Germain. No clube francês, o meia disputa vaga com Gueye, Verrati, Ander Herrera, Danilo Pereira e Leandro Paredes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos