Meia ex-Flamengo oferece ajuda para o amigo Vidal jogar no clube: 'Seria incrível para todos'


Embora não tenha tido brilho, a passagem de Gonzalo Fierro pelo Flamengo foi marcada pela conquista do Campeonato Brasileiro de 2009. E agora, mais de dez anos depois, o meia se ofereceu para ajudar o clube de uma outra forma: em uma hipotética contratação do amigo Arturo Vidal.

Ambos são chilenos e, neste momento, Vidal defende o Barcelona. Destaque da seleção de seu país, o volante já foi posou com a camisa do Flamengo, interagiu com diversas postagens do Rubro-Negro nas redes sociais e também o parabenizou pelo título da Libertadores do ano passado.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E Fierro fez um lobby para o casamento sair:

- Sou muito amigo do Arturo (Vidal). Conversamos muito pelo WhatsApp, por chamada. Depois de cada partida, eu escrevo para ele. Somos muito amigos, nos conhecemos há muito tempo no Colo-Colo. Me encantaria vê-lo no Flamengo, porque iria triunfar. Irá bem, é muito profissional e dedicado no que faz. Me encantaria para ver o que significa jogar numa equipe diferente da Europa. Europa é bom no futebol, mas na paixão é diferente. O Brasil é país da América do Sul com mais apaixonados, se vibra diferente, se vive melhor o futebol. As equipes são muito competitivas. Ele tem amigos aí. Nesse caso, o Rafinha. Caso se mantenha no Flamengo, pode convencer o Arturo para passar um, dois anos no Flamengo. Seria incrível para todos - disse Fierro, em entrevista ao canal "Fox Sports", completando:

- Eu iria ver se ele estivesse aí (no Flamengo). Tiraria férias e iria vê-lo. Ele já me convidou para ir à Espanha. Mas, às vezes não posso ir por coisas mais importantes, como colégio. Mas fico feliz, caso necessite, de algum dado do que é Flamengo, em ajudar. Conheço o clube, a torcida, a cidade. Seria importante para ele passar por aí, porque, digo, é um clube e um país que todos pensam em jogar - concluiu Fierro, que atuou no Fla de 2008 a 2011.




Aos 33 anos, Vidal atua no Barcelona desde a temporada 2018/19. Em janeiro, o "The Warrior", como é chamado, esteve perto de um acerto com a Inter de Milão, mas o negócio não foi concluído. No final do mês passado, avisou que gostaria de seguir no clube catalão, cujo contrato expira em junho de 2021.


Leia também