Meia deve atrasar saída de clube francês para jogar no Real Madrid

LANCE!
·1 minuto de leitura


Eduardo Camavinga, meio-campista do Rennes, está considerando atrasar sua saída do clube francês para acertar futuramente sua ida ao Real Madrid, segundo o “As”. Apesar de sua transferência ter sido cogitada na próxima janela de verão, o clube merengue ainda está mergulhado em uma crise econômica e tem como prioridade a chegada de Mbappé ou Haaland.

Além de não ter tido nenhuma oferta contundente, pois todos os mercados enfrentam a mesma crise financeira, o jogador estagnou após um início meteórico na carreira. Dessa forma, o jovem de 18 anos pode seguir mais algumas temporadas no Rennes, time em que foi formado e conhece todo mundo e reconquistar a confiança necessária.

> Veja a tabela da Ligue 1

O atleta é representado por Jonathan Barnett, o mesmo empresário de Gareth Bale, e a expectativa é de que o jovem de 18 anos renove seu contrato com o clube francês, uma vez que o fim do seu vínculo termina em 2022. Aconselhado pelo grupo que o representa, Camavinga acredita que a chance de vestir a camisa merengue a médio prazo é maior.