Meia da Costa Rica mantém esperança de classificação às oitavas da Copa


O meia da seleção de Costa Rica Celso Borges admitiu, nesta quarta-feira, a superioridade da Espanha na goleada por 7 a 0, pelo grupo E da Copa do Mundo. Contudo, não jogou a toalha quanto às chances de classificação às oitavas de final.

- Fomos superados por uma seleção melhor, que teve atitude, vontade. Nós tentamos fazer o maior esforço possível, mas eles leram melhor o jogo e venceram - admitiu o experiente jogador, em entrevista coletiva.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

- Quando começa o jogo mais abaixo, você tenta se recuperar. No intervalo, falamos como era importante que não nos fizessem mais gols, mas não conseguimos segurar uma Espanha superior - completou o meia.

Apesar do abalo pela expressiva goleada, Borges preferiu mostrar otimismo sobre uma possibilidade de recuperação, nos jogos que restam para Costa Rica na fase de grupos, contra Japão e Alemanha.

- Restam duas partidas, e temos duas chances de nos classificarmos - avaliou o meia.