Medvedev vira sobre Shapovalov, é campeão em Viena e iguala Safin

Divulgação


O russo Daniil Medvedev, ex-número 1 do mundo e atual quarto, conquistou uma sólida virada sobre o canadense Denis Shapovalov, 19º, e sagrou-se campeão do ATP 500 de Viena, na Áustria, pela primeira vez na carreira e igualou Marat Safin.

Principal favorito ao título, Medvedev precisou de 2h19 para fechar o placar em 4/6 6/3 6/2 tendo convertido o mesmo número de aces do canadense, seis, e disparou um total de 26 bolas vencedoras contra 38 do canadense, que cometeu 31 erros não-forçados contra 20 do russo.

Jogando se maneira agressiva na devolução e trabalhando bem da linha de base, Shapovalov abriu 4/1 com quebras nos 3º e 5º games, viu o russo devolver uma das quebras no 6º game, mas administrou.

Na segunda etapa, Medevdev passou a antecipar as devoluções e assim conquistou quebra no 4º game, viu Shapovalov devolver a quebra no 7º game, mas não confirmar na sequência e empatou a partida.

No terceiro set, Medvedev abriu com muita tranquilidade 5/1 com quebras nos 3º e 5º games, viu o canadense salvar três match-points no 7º games e precisou de outros quatro match-points para confirmar o título.

Campeão do ATP 250 de Los Cabos (México) em agosto, Medvedev alcançou seu segundo título ATP na temporada e o 15º da carreira, o que o iguala ao compatriota Marat Safin, ex-número 1 do mundo, como terceiro russo com mais títulos em nível ATP, atrás apenas de Nikolay Davydenko, que tem 21 títulos, e o também ex-número 1 Yevgeny Kafelnikov com 26.