Medvedev vence Tsitsipas e vai à final do Aberto da Austrália

·3 minuto de leitura

O tenista russo Daniil Medvedev derrotou o grego Stefanos Tsitsipas nesta sexta-feira com autoridade e se classificou para sua primeira final do Aberto da Austrália, onde enfrentará o sérvio Novak Djokovic (N.1) no domingo.

O russo, número 4 do mundo, derrotou Tsitsipas (6º), que havia eliminado o espanhol Rafael Nadal nas quartas de final, 6-4, 6-2, 7-5, diante de mais de 7.000 espectadores na Rod Laver Arena, em Melbourne.

Medvedev tentará impedir que Djokovic conquiste seu nono título do torneio, algo sem precedentes.

"Gosto de não ter muita pressão porque ele nunca perdeu nas oito vezes que esteve aqui na final", disse o russo. "Então é ele quem tem toda a pressão, para alcançar Roger e Rafa nos Grand Slams.

"Então, só espero chegar lá, mostrar o meu melhor tênis. Como vemos, posso vencer alguns grandes nomes se jogar bem", acrescentou Medvedev.

O quarto cabeça de chave mostrou ser forte demais para o grego Tsitsipas e aumentou sua sequência de vitórias para 20.

O jovem de 25 anos, esbanjando autoconfiança após essa invencibilidade, que inclui três títulos, já está batendo à porta do sucesso no Grand Slam há algum tempo, mas ainda não conquistou um título.

Para finalmente superar essa barreira, no domingo ele terá que vencer o astro sérvio no Melbourne Park.

Mas nenhum tenista parece viver melhor momento que Medvedev, que vem derrotando todos os adversários desde novembro. Além disso, venceu três de seus últimos quatro jogos contra Djokovic, que busca seu 18º título de Grand Slam.

"Definitivamente não foi fácil", disse Medvedev, apenas o terceiro russo após Yevgeny Kafelnikov e Marat Safin a chegar à final do Aberto da Austrália.

"Fiquei um pouco assustado e tenso (no terceiro set) porque é uma semifinal de um Slam. Mas estou feliz por ter conseguido melhorar o meu jogo, especialmente em alguns momentos difíceis no meu saque".

Medvedev entrou na quadra com uma vantagem de 5-1 no confronto direto e uma relação gelada originada em Xangai, na China, em 2019, quando o grego classificou seu estilo de jogo como "chato".

- Tsitsipas exausto -

O quinto cabeça-de-chave, Tsitsipas, vinha de uma virada impressionante em cinco sets diante do 20 vezes campeão do Grand Slam, Rafael Nadal, mas após a épica partida de quatro horas, ele pareceu sentir os efeitos e mostrou cansaço.

Diante de torcedores gregos que carregava bandeiras, os dois semifinalistas confirmaram seus serviços e chegaram a 2-2 no set de abertura, até que o russo, posicionado na linha de base, começou a se mostrar mais agressivo.

Até então, Tsitsipas havia cedido apenas oito break points em todo o torneio, mas Medvedev conseguiu dois e converteu no segundo, quando o grego devolveu longa demais, para fora.

Medvedev, que também chegou à final do Aberto dos Estados Unidos de 2019, manteve o foco e obteve dois set points quando vencia por 5-4.

Mas Tsitsipas defendeu ambos com sucesso com devoluções em profundidade e agressivas animando a torcida.

Ele cometeu sua primeira dupla falta da partida no terceiro set point antes de acertar um ace e vencer o primeiro set.

Medvedev dominou os ralis longos, enquanto Tsitsipas precisava lutar muito por cada ponto, e ele teve seu saque novamente quebrado depois de uma maratona de sete minutos quando o russo disparou um forehand forte conseguindo assim a vantagem de 2 a 1 no segundo set.

Frustrado, Tsitsipas jogou sua garrafa no chão na troca de lado, obrigando os gandulas a limparem a bagunça depois que ela estourou e espirrou por toda parte.

Medvedev dominava no saque diante de um Tsitsipas carrancudo, que acabou perdendo o set em 36 minutos.

O grego teve seu saque quebrado novamente no início do terceiro set e parecia exausto, mas, impulsionado pela multidão, encontrou forças para quebrar o saque de Medvedev e levar o set a 3-3.

Pela primeira vez na partida, Medvedev estava sob pressão, mas o russo mostrou frieza e controlou seus nervos chegando a 6-5 até sacar com tranquilidade e obter a vitória e a sonhada classificação.

mp/th/iga/aam