Medvedev vence Thiem de virada e conquista o ATP Finals em Londres

·2 minuto de leitura
O russo Daniil Medvedev venceu o austríaco Dominic Thiem na final do ATP Finals de Londres, no dia 22 de novembro de 2020

Medvedev vence Thiem de virada e conquista o ATP Finals em Londres

O russo Daniil Medvedev venceu o austríaco Dominic Thiem na final do ATP Finals de Londres, no dia 22 de novembro de 2020

O russo Daniil Medvedev (4º do ranking da ATP) conquistou o ATP Finals neste domingo ao vencer o austríaco Dominic Thiem (3º) por 4-6, 7-6 (7/2) e 6-4 na final.

Na partida mais longa da competição, disputado em três sets (2h42), Medvedev, que venceu o Masters 1000 em Paris-Bercy há duas semanas e derrotou Novak Djokovic (1º) na fase de grupos e Rafael Nadal (2º) nas semifinais, se tornou o segundo russo a conquistar o torneio depois de Nikolai Davydenko em 2009.

Medvedev, de 24 anos, perdeu o primeiro set mas reagiu e conquistou o título mais importante de sua carreira na 12ª e última edição do torneio de Londres, que será transferido para Turim no próximo ano.

Em uma 02 Arena de Londres vazia devido à pandemia, Thiem havia assumido a vantagem ao conseguir a primeira quebra de saque da partida no quinto game, quando o russo cometeu uma dupla falta.

Thiem, que também venceu Nadal (na fase de grupos) e Djokovic (nas semifinais), viu Medvedev se recompor no início do segundo set.

Com os dois oponentes mostrando um tênis de alto nível, o jogo foi para o tie break. Thiem conseguiu um 'mini-break' e abriu 2-0, mas Medvedev virou em grande estilo, com sete pontos consecutivos e levando a partida para o terceiro set com um saque direto.

No set decisivo, Thiem lutava para resistir ao ritmo imposto pelo adversário e acabou cedendo seu saque quando Medvedev acertou um voleio na rede.

Thiem, também vice-campeão no ano passado, quando perdeu para o grego Stefanos Tsitsipas, sofreu para não ter seu saque mais uma vez quebrado. No fim, Medvedev teve o jogo nas mãos e acabou conquistando a vitória.

"Que vitória! É um dos meus melhores triunfos. E graças a Nikolay (Davydenko) por ter sido uma inspiração para muitos meninos russos como eu", comemorou Medvedev na entrega dos troféus.

Ele deixa a capital britânica com cinco vitórias em cinco jogos, tornando-se o quarto jogador a vencer o torneio depois de estrear um ano antes com três derrotas.

Os anteriores foram Stefan Edberg, Michael Stich e Djokovic.

Thiem, de 27 anos, comentou a derrota: "Obviamente, estou muito desapontado, mas ao mesmo tempo orgulhoso do meu desempenho e da semana que tive".

"Daniil merece, fez uma partida incrível e espero que tenhamos outros grandes jogos no futuro", acrescentou o austríaco.

hap/bpa/jw/pm/mcd/aam