Alcaraz, de 18 anos, vence e vai às quartas de final do US Open

·3 minuto de leitura

O tenista espanhol Carlos Alcaraz, de 18 anos, confirmou seu status de grande sensação desta edição do US Open neste domingo, ao se classificar para as quartas de final.

Na sexta-feira, Alcaraz já havia causado furor no Grand Slam de Nova York ao eliminar o grego Stefanos Tsitsipas, terceiro cabeça de chave.

Considerado a nova joia do tênis espanhol, Alcarazz saiu vitorioso de uma nova batalha, desta vez contra o alemão Peter Gojowczyk neste domingo e se tornou o tenista masculino mais jovem a chegar às quartas de final do Aberto dos Estados Unidos desde o brasileiro Thomaz Koch em 1963.

O chamado "Novo Nadal" virou duas vezes contra Gojowczyk para vencer por 5-7, 6-1, 5-7, 6-2 e 6-0 em três horas e 31 minutos de um jogo emocionante no qual ele voltou a contar com o apoio do público de Nova York.

No início, o pupilo do ex-tenista Juan Carlos Ferrero parecia sentir o desgaste das mais de quatro horas de jogo contra Tsitsipas, mas acabou empregando todo o seu tênis avassalador para vencer Gojowczyk, número 141 do ranking da ATP.

O próximo adversário de Alcaraz, número 55 do mundo, será o americano Frances Tiafoe ou o canadense Felix Auger-Aliassime.

- Medvedev vence fácil e avança -

Mais cedo o russo Daniil Medvedev conquistou uma vaga nas quartas de final ao vencer o britânico Daniel Evans em três sets.

Medvedev venceu Evans por 6-3, 6-4 e 6-3 em uma hora e 43 minutos de jogo na quadra central Arthur Ashe.

No primeiro duelo entre os dois tenistas, Medvedev impôs seu estilo de jogo devastador que lhe permitiu chegar às quartas em Nova York sem ceder um único set.

Seu próximo adversário será o surpreendente holandês Botic van de Zandschulp, número 117 do mundo, que derrotou o argentino Diego Schwartzman, décimo primeiro cabeça de chave em uma partida de mais de quatro horas.

Schwartzman, que não havia perdido nenhum set nas três primeiras fases, foi superado por um adversário vindo da fase de classificação e que, sem títulos em seu currículo, já deixou de fora dois integrantes do Top-20 do ranking da ATP.

'El Peque' fez uma grande exibição, salvando até quatro match points, mas acabou ficando fora das quartas de final, seu melhor resultado no US Open.

Van de Zandschulp, que já havia eliminado o argentino Facundo Bagnis (número 80), está quebrando todos os prognósticos em um torneio em que derrotou na segunda rodada o oitavo cabeça-de-chave, o norueguês Casper Ruud.

O grandalhão (1,91 m de altura), que havia virado pelo menos um set nas seis partidas anteriores, se tornou o primeiro holandês a se classificar para as quartas de final de um Grand Slam desde 2004 e do Aberto dos Estados Unidos desde 2003.

"Não tenho palavras para isso", disse um perplexo Van de Zandschulp. "Antes do torneio, ninguém esperava que eu me classificasse. Estão certamente surpresos e espero que estejam orgulhosos."

-- Resultados deste domingo do US Open:

- Simples masculino, oitavas de final:

Botic van de Zandschulp (HOL) x Diego Schwartzman (ARG/N.11) 6-3, 6-4, 5-7, 5-7, 6-1

Daniil Medvedev (RUS/N.2) x Daniel Evans (GBR/N.24) 6-3, 6-4, 6-3

Carlos Alcaraz (ESP) x Peter Gojowczyk (ALE) 5-7, 6-1, 5-7, 6-2 e 6-0

gbv/gfe/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos