Medvedev entra no Top 3 do ranking da ATP; Djokovic segue líder

·2 minuto de leitura
Daniil Medvedev gesticula durante a final do Aberto da Austrália que perdeu para Novak Djokovic no dia 21 de fevereiro de 2021 em Melbourne

Boa semana para os russos no ranking da ATP: o finalista do Aberto da Austrália Daniil Medvedev (3º) entrou no Top 3 pela primeira vez, e seu compatriota Aslan Karatsev, que surpreendeu ao ser semifinalista em Melbourne, subiu 72 posições para ficar em 42º.

A liderança do ranking ainda pertence a Novak Djokovic, que conquistou seu nono Aberto da Austrália no domingo. O sérvio está a caminho de bater o recorde de mais semanas passadas no topo do tênis mundial, que até o momento está nas mãos do suíço Roger Federer (310). Ele começaria sua 311ª semana no dia 8 de março.

Entre outras mudanças no Top 20, o austríaco Dominic Thiem caiu uma posição (4º) sendo ultrapassado por Medvedev, e o búlgaro Grigor Dimitrov avançou quatro posições chegando ao 17º lugar, depois de avançar ate as quartas de final em Melbourne.

O tenista que o derrotou, Aslan Karatsev, alcançou a melhor classificação da sua carreira aos 27 anos, ao subir 72 posições, sendo logicamente a maior evolução da semana no Top 100.

Eliminado em sua estreia no Aberto da Austrália, o francês Gaël Monfils (12º) trocou de posição com o canadense Denis Shapovalov (11º).

O norueguês Casper Ruud (24º depois de subir 4 posições) está se aproximando do Top 20 depois de chegar às oitavas de final em Melbourne.

O sul-coreano Soonwoo Kwoo, vencedor do Challenger italiano em Biella, após ter sido eliminado na primeira rodada do Aberto da Austrália, conquistou 16 posições e subiu para 81º.

O brasileiro Thiago Monteiro ocupa a 74ª posição, com 929 pontos.

-- Ranking da ATP (de 22 de fevereiro de 2021):

1. Novak Djokovic (SRB) 12.030 pontos

2. Rafael Nadal (ESP) 9.850

3. Daniil Medvedev (RUS) 9.735 (+1)

4. Dominic Thiem (AUT) 9.125 (-1)

5. Roger Federer (SUI) 6.630

6. Stefanos Tsitsipas (GRE) 6.595

7. Alexander Zverev (ALE) 5.615

8. Andrey Rublev (RUS) 4.609

9. Diego Schwartzman (ARG) 3.480

10. Matteo Berrettini (ITA) 3.480

11. Denis Shapovalov (CAN) 2.910 (+1)

12. Gaël Monfils (FRA) 2.860 (-1)

13. Roberto Bautista (ESP) 2.710

14. Milos Raonic (CAN) 2.630

15. David Goffin (BEL) 2.600

16. Pablo Carreño (ESP) 2.585

17. Grigor Dimitrov (BUL) 2.575 (+4)

18. Fabio Fognini (ITA) 2.535 (-1)

19. Félix Auger-Aliassime (CAN) 2.516

20. Stan Wawrinka (SUI) 2.365 (-2)

bds/dga/jr/psr/pm/aam