Medvedev chega pela terceira vez seguida à semifinal do US Open

·1 minuto de leitura
Daniil Medvedev durante partida do US Open

NOVA YORK (Reuters) - O tenista número dois do mundo, Daniil Medvedev, da Rússia, derrotou o holandês Botic van de Zandschulp com parciais de 6-3, 6-0, 4-6 e 7-5, nesta terça-feira, para chegar pela terceira vez seguida às semifinais do US Open.

Medvedev perdeu um set pela primeira vez no torneio quando Van de Zandschulp superou o russo em um rali de 20 trocas de bola e converteu um break point no quinto game do terceiro set no Arthur Ashe Stadium, no primeiro sinal de fraqueza que Medvedev demonstrou desde sua chegada a Nova York.

O holandês fez uma campanha memorável, eliminando o 11º cabeça de chave, Diego Schwartzman, para chegar pela primeira vez às quartas de final de um Grand Slam, e ainda se tornou o primeiro jogador a travar uma batalha de mais duas horas contra Medvedev nos EUA.

Mas o vice-campeão de 2019, que fez 13 aces na partida, voltou com tudo no quarto set, ganhando quase todos os seus pontos de saque e nunca enfrentando um break point.

Van de Zandschulp evitou o match point no décimo game, segurando seu saque diante de aplausos selvagens do caloroso público de Nova York, mas Medvedev respondeu de maneira rápida com a quebra, ajudado por uma dupla falta do holandês.

Medvedev, que perdeu nas semifinais do ano passado para o eventual campeão Dominic Thiem, é um dos muitos candidatos que querem impedir que o número um do mundo, Novak Djokovic, abocanhe todos os títulos de Grand Slam da temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos