Italo avança junto com Medina às semifinais, e Brasil já tem medalha garantida no surfe

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 22.12.2019: Surfista brasileiro Ítalo Ferreira, que disputa as Olímpiadas de Tóquio, no Japão. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 22.12.2019: Surfista brasileiro Ítalo Ferreira, que disputa as Olímpiadas de Tóquio, no Japão. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

TÓQUIO, JAPÃO (FOLHAPRESS) - Com grandes manobras, Gabriel Medina e Italo Ferreira conquistaram vaga nas semifinais nas Olimpíadas, na manhã japonesa desta terça-feira (27), ainda noite de segunda (26) no Brasil. Dessa forma, já garantiram pelo menos uma medalha para o Brasil na estreia do surfe.

Medina bateu o francês Michel Bourez após conseguir um nove com um aéreo incrível e encerrar a bateria com 15.33. Ele terminou a manobra comemorando e mandando beijo.

Na sequência, Italo Ferreira fez um aéreo ainda melhor, pelo menos na avaliação dos juízes, que lhe deram 9.73, maior nota dos Jogos até agora. Ele somou 16.30 e venceu com tranquilidade a bateria contra o japonês Hiroto Ohhara.

Nas semis, a partir das 23h48 (de Brasília), Medina enfrentará o japonês Kanoa Igarashi. Italo aguarda o vencedor das quartas entre Lucca Mesinas e Owen Wright.

A brasileira Silvana Lima tem seu duelo de quartas de final contra Carissa Moore marcado para as 10h36.

A competição ocorre na praia de Tsurigasaki, em Ichinomiya, em Chiba, a cerca de 100 km de Tóquio. Dia de muita chuva e vento por aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos