Medina cai para Owen Wright na semi e vê algoz vencer etapa na Austrália

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O brasileiro Gabriel Medina não conseguiu passar pelo australiano Owen Wright na semifinal da etapa de Gold Coast, na madrugada deste domingo (19), e terminou a 1ª etapa da temporada do Mundial de surfe na terceira colocação.

O campeão foi justamente Wright, que bateu o compatriota Matt Wilkinson na decisão por 14,66 pontos contra 13,50 pontos do rival. Wilkinson derrotou na semi o atual campeão do campeonato John John Florence.

Em 2015, Owen Wright sofreu uma concussão cabeça durante um treino preparatório e perdeu toda a temporada passada. O seu retorno ao esporte, inclusive, era incerto. Muitos acreditavam que ele não teria mais condições de surfar em alto nível.

"Isto é muito surreal, e ter enfrentado o Wilko [Matt Wilkinson] na final aqui foi inacreditável. O Wilko me apoiou muito durante a lesão e esteve ao meu lado em cada degrau que tive de subir até chegar até aqui" disse o australiano ao receber o troféu.

Com o resultado, ele é o líder do Mundial com 10.000 pontos. Wilknson soma 8.000 enquanto John John Florence e Gabriel Medina têm 6.500 pontos. Com 5.200 pontos, Ítalo Ferreira é o brasileiro mais bem colocado após Medina.

O Mundial retorna no dia 29 de março para a etapa de Margaret River, também na Austrália.