Medalhistas japoneses sofrem ataques nas redes sociais

·2 minuto de leitura
Igarashi Kanoa of Japan attends the awarding ceremony of the men's surfing final at Tsurigasaki Surfing Beach in Chiba Prefecture, Japan, July 27, 2021. (Photo by Du Yu/Xinhua via Getty Images)
Kanoa Igarashi, medalhista de prata no surfe, sofreu ataques na internet após eliminar Gabriel Medina na semifinal Foto: Du Yu/Getty Images

A ausência de público nos Jogos Olímpicos de Tóquio acabou incentivando o uso das redes sociais para torcer e manifestar seu apoio ao seu país e atletas favoritos. No entanto, alguns têm transformado o que deveria ser um movimento bonito em uma ferramenta para destilar seu ódio e sentimento xenófobo.

Atletas japoneses vêm sofrendo com ataques xenófobos nas redes sociais por conta do ótimo rendimento do país nos Jogos Olímpicos. Internautas do mundo inteiro vêm destilando ódio contra o país, alegando que existe uma espécie de favorecimento "à seleção da casa" nos esportes que contam com pontuação.

Leia também:

Recentemente, Kanoa Igarashi sofreu com a ira dos brasileiros após eliminar Gabriel Medina na semifinal do surfe. Irritados com a nota recebida pelo japonês em sua última onda, internautas foram até o perfil do instagram e twitter de Kanoa para xingá-lo. O surfista, no entanto, pouco ligou para as críticas, chegando até mesmo a ironizar os brasileiros.

Daiki Hashimoto também sofreu com a ira da internet. O japonês de apenas 19 anos fez história ao se tornar o mais jovem medalhista de ouro no individual geral masculino. O feito, porém, acabou sendo ofuscado pela enxurrada de xingamentos que Hashimoto sofreu após sua conquista. Muitos criticaram a nota 9.2 recebida pelo ginasta, alegando um favorecimento. Mesmo com os xingamentos e críticas, o ginasta optou por fugir da polêmica: "Acho que faz parte do apelo do esporte que faz as pessoas elogiarem umas às outras e tentarem melhorar aprendendo com os outros. Espero que mais pessoas reconheçam e elogiem os atletas que se esforçam para representar seu país, e menos pessoas cometerão atos considerados caluniosos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos