Mbappé e Cristiano Ronaldo agitam últimos dias do mercado de transferências

·4 minuto de leitura
Os craques Cristiano Ronaldo (esq.) e Kylian Mbappé estão decidindo seus futuros (AFP/Christof Stache, Loic Venance)

Kylian Mbappé e Cristiano Ronaldo... Dois pesos pesados que poderão ter protagonismo no mercado de transferências, menos de uma semana após o seu encerramento. De Paris a Madri, de Turim a Manchester, o mundo do futebol acompanha com expectativa os eventuais movimentos que podem alterar o equilíbrio de forças.

Depois de uma temporada e meia agitada pela pandemia do coronavírus, o verão europeu de 2021 marca uma espécie de normalidade, principalmente entre os clubes mais ricos, dispostos a colocar a mão no bolso.

Assim, duas das dez maiores transferências da história foram feitas em agosto; o Chelsea contratou Romelu Lukaku (135 milhões de dólares) e o Manchester City assinou com Jack Grealish (137,7 milhões de dólares).

Mas talvez o melhor esteja por vir, nos últimos dias que se anunciam intensos, até a meia-noite de 31 de agosto.

"O PSG quer 220 milhões de euros" (259 milhões de dólares), escreve o AS na capa que oferece um novo capítulo da 'novela Mbappé'.

O valor, citado na França pelo Le Parisien, lembra os 222 milhões de euros gastos em 2017 pelo PSG para pagar a cláusula rescisória de Neymar, então no Barcelona, um recorde mundial.

O Real Madrid também parece disposto a desembolsar uma fortuna para ficar com o atacante de 22 anos.

Por enquanto, 'Kyky' se recusa a prorrogar sua relação com o clube da capital francesa, onde ainda tem mais um ano de contrato.

- 'Guerra suja' -

Na quarta-feira, o diretor-esportivo do PSG, Leonardo, falou pela primeira vez sobre a hipótese de uma saída do artilheiro. O jornal L'Equipe pergunta na primeira página desta quinta-feira: "O Paris desistiu?".

Se o jogador "quiser sair, não vamos segurá-lo, mas ele vai sair ou ficar nas nossas condições", garantiu o brasileiro.

O PSG rejeitou uma primeira oferta da equipa madrilenha de 160 milhões de euros, considerada "insuficiente" por Leonardo. "Não podemos vender um jogador por menos do que pagamos por ele quando tinha 18 anos", ou seja, 180 milhões de euros, afirmou Leonardo.

A bola está de novo com o time espanhol. É "uma guerra suja por Mbappé", estampou o jornal catalão Sport.

"O PSG não vai facilitar em nada", insistiu o Marca.

Nesta quinta-feira, o Real Madrid fez uma nova oferta de 180 milhões de euros (211 milhões de dólares), segundo diversos meios de comunicação franceses e espanhóis. No sorteio dos grupos da Liga dos Campeões, o presidente do PSG, Nasser Al Khelaifi, disse que a postura do seu clube "não mudou" e que ele quer manter o jogador.

Em seu site, o jornal esportivo L'Équipe disse também nesta quinta que o PSG e o Real Madrid estão negociando a operação.

Se o Mbappé acabar indo embora, o PSG terá de considerar a questão de seu sucessor. Erling Haaland? O nome do norueguês de 21 anos é citado por L'Equipe e Le Parisien.

Mas o Borussia Dortmund tampouco está disposto a vendê-lo.

O inglês Harry Kane seria outro candidato, mas o jogador do Tottenham agora parece mais propenso a continuar em Londres.

Portanto, resta um nome: Cristiano Ronaldo. É um astro português com cinco Bolas de Ouro que estaria decidido a deixar a Juventus, com a qual tem contrato até 2022.

- Ronaldo com seu agente em Turim -

Os rumores se espalharam desde a chegada, na quarta-feira, de seu agente Jorge Mendes à cidade piemontesa.

"A chegada do agente mais influente do mundo, o homem que trabalha na saída de CR7 há semanas, abre oficialmente a fase final desse 'mercado ronaldiano'", aponta a Gazzetta dello Sport.

Na semana passada, Ronaldo negou qualquer possibilidade de retorno ao Real Madrid. O clube na 'pole position' para ser seu novo destino seria o Manchester City, de acordo com diversos meios de comunicação.

O clube pertencente a um rico fundo dos Emirados teria um golpe duplo: esportivo ao buscar um centroavante, mas também diplomático, em resposta ao PSG, rival do Catar, que assinou com Messi em agosto.

O problema estaria no valor a ser pago pela transferência de um jogador pelo qual a Juve pagou 115 milhões de euros em 2018 para retirá-lo do Real Madrid.

Se Mbappé for embora, o PSG teria mais força econômica para contratá-lo.

Até 31 de agosto, todas as possibilidades estão abertas.

ah-alu-hap-pve/bk/iga/djm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos