Mazziotti pede demissão do PSG em busca de novos ares na Europa

Yahoo Esportes
Mazziotti festeja título na França com Thiago Silva (Arquivo pessoal)
Mazziotti festeja título na França com Thiago Silva (Arquivo pessoal)

Depois de dois anos como chefe do departamento de prevenção e performance do PSG, Bruno Mazziotti está de saída. O Blog apurou que ele acertou nas últimas horas sua rescisão contratual e só ficará em Paris até o fim da atual temporada, que se encerra após a participação do time na Liga dos Campeões. Entre os motivos para o adeus, está a possibilidade de buscar novos ares dentro da própria Europa.

Um retorno ao Brasil, neste momento, está completamente descartado. Nas tratativas com o PSG, o ex-fisioterapeuta da seleção brasileira conseguiu se livrar do pagamento da multa rescisória prevista em contrato pela quebra do vínculo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Role para baixo para continuar lendo

Anúncio
Moments National_Samsung XCover

A opção por interromper o trabalho também passou pela decisão do clube francês de dispensar recentemente um fisiologista e um médico da confiança do brasileiro.

O Campeonato Francês foi encerrado em razão do Coronavírus e o PSG acabou declarado como campeão. Como o time só tem a reta final da Liga dos Campeões para disputar, e não há data para o retorno do torneio, os atletas têm feito treinamentos em casa.

Mazziotti, por exemplo, está no Rio de Janeiro e aproveitou a paralisação dos campeonatos para acompanhar de perto os primeiros meses de vida de seu filho.

Leia também