Mazepin pede desculpas à Haas por abandono na 1ª volta e mira aprendizado

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Nikita Mazepin terá más lembranças do primeiro Grande Prêmio como titular de uma equipe de Fórmula 1. Na corrida de hoje no Bahrein, o russo da Haas abandonou ainda na primeira volta, após perder o controle e sofrer um acidente. O abandono prematuro não foi um incidente isolado no fim de semana de Mazepin. Na véspera, durante a sessão de definição do grid de largada, rodou duas vezes. Ficou com o 20º lugar no grid, e só não largou da última posição porque Sebastian Vettel (Aston Martin) foi punido e perdeu posições. Encerrada a participação em Sakhir, Mazepin se disse decepcionado e pediu desculpas à equipe. No entanto, prometeu aprender a partir da experiência. "Sinto muito pela equipe, que merecia muito mais do que aquilo. Obviamente, já algo positivo que podemos levar. A experiência para aprender está obviamente ali", afirmou o russo em declarações divulgadas pela Haas. Mazepin ainda tentou explicar o acidente que o tirou da prova — segundo ele, causado por um problema com a temperatura dos pneus. "Foi muito simples: eu cometi um erro. Foi uma dessas coisas. Minha largada foi boa, eu fiz a curva 1 por fora. Estava passando pela curva 2 e tentando evitar Mick (Schumacher), que estava perto e fui muito forte. Os pneus não acompanharam. Eles estavam frios. Toquei a zebra, forcei e rodei", descreveu. "Foi totalmente meu erro. Foi muito decepcionante", completou. A avaliação foi semelhante à do chefe de equipe da Haas, Gunther Steiner. Para o italiano, Mazepin poderá aprender com o erro de hoje para não repetir nas próximas etapas. "Obviamente, todos nós vimos que ele rodou na primeira volta, o que comprometeu sua corrida", disse Steiner. "Ele não se sente bem com isso, mas está aprendendo. Vai dar a volta por cima no próximo final de semana de corrida, certamente ele aprendeu com este final de semana."