Mayke fala em viagem 'mais leve' do Palmeiras após vitória no Dérbi: 'Intuito é voltar com os três pontos'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Palmeiras venceu o Dérbi contra o Corinthians, no último sábado, por 3 a 0, na Arena Barueri. Apesar de o jogo ter sido válido pelo Brasileirão-2022, ele leva consequências positivas para a Libertadores, já que agora o time viaja "mais leve" para o Equador, onde enfrenta o Emelec pela terceira rodada da fase de grupos. Segundo Mayke, o intuito é voltar de lá com os três pontos.

GALERIA
> Relembre o desempenho do Palmeiras em cada edição dos pontos corridos

TABELA
> Veja classificação e simulador da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Em entrevista para a TV oficial do clube, o lateral-direito, que foi titular nos dois primeiros embates do torneio continental, citou o clima bom no vestiário depois do triunfo sobre o maior rival dias antes de embarcar para Guayaquil. Para Mayke, isso será importante para buscar a vitória em um duelo difícil.

- Depois de vencer um Dérbi, a gente viaja mais leve, porque essa viagem é bem longa, se acontecesse outro resultado, essa viagem seria o dobro. Então, graças a Deus conseguimos uma excelente vitória, todos estão de parabéns, todos que jogaram, é importante sempre estar ganhando clássicos, que a confiança sempre sobe. Então agora é virar a chavinha, Libertadores é um jogo muito difícil, muito pegado. Então é ir lá e fazer um excelente jogo no Equador.

Mayke deve ser novamente titular do Verdão pela Libertadores. Com o rodízio para administrar o desgaste físico do elenco que Abel Ferreira tem feito, um time alternativo deve ser escalado no Equador contra o Emelec. Mesmo assim, o objetivo é buscar os três pontos para ter uma situação ainda mais tranquila na classificação do Grupo A, no qual já tem seis pontos e 12 gols marcados.

- Jogo muito importante, jogar lá é muito difícil, mas vamos com o intuito de fazer um bom jogo e, se for possível, sair com os três pontos, porque ganhamos duas e se ganharmos essa, daremos uma tranquilizada na tabela. Professor Abel tem como trocar bem o time, dar uma mexida, como ele disse, ele confia em todos. Tenho certeza que todos estarão bem preparados para entrar em campo e dar o máximo. Como eu disse, é ir lá, fazer um bom jogo e, se for possível, sair com os três pontos.

Desde 2018 no Palmeiras e com 165 jogos pelo clube, Mayke é bicampeão da Libertadores (2020 e 2021), bicampeão do Paulistão (2020 e 2022), campeão Brasileiro (2018), campeão da Copa do Brasil (2020) e campeão da Recopa (2022). Mesmo com essas credenciais, ele ainda tem algo a honrar no Verdão: a mística camisa 12, que foi de São Marcos e a qual ele respeita demais.

- Quando eu cheguei aqui, eu disse "colocaram uma bomba do meu lado". Mas o que eu puder fazer dentro de campo, ajudar a equipe, poder honrar essa camisa, eu vou fazer. Com todo orgulho eu falo que estou vestindo essa camisa 12, porque o Marcos tem uma história não apenas no Palmeiras, mas também na Seleção, acompanhava muito ele desde novo, então é um prazer enorme estar vestindo essa camisa, número 12 e camisa do Palmeiras, então procuro entrar em campo e dar o meu melhor para que tudo dê certo - concluiu.

O Palmeiras enfrenta o Emelec-EQU, nesta quarta-feira, às 21h (horário de Brasília), pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. A última visita alviverde ao Equador ocorreu em abril do ano passado, quando derrotou o Independiente del Valle-EQU por 1 a 0, com gol de Raphael Veiga, de pênalti.

Mayke - Treino Palmeiras
Mayke - Treino Palmeiras

Mayke falou do jogo com o Emelec (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos