Mauro Cezar questiona Sandro Meira Ricci, da Central do Apito: 'Quem leva essas análises a sério ?'

Rubro-Negros pediram que fosse assinalado pênalti (Foto: Reprodução/TV Globo)


Mauro Cezar Pereira ficou na bronca com o ex-árbitro Sandro Meira Ricci, que estava no comando do quadro “Central do Apito”, da TV Globo, na tranmissão da partida entre Flamengo e Corinthians, nesta quarta-feira. No Twitter, o jornalista contestou e ironizou as análises de Sandro em um lance polêmico do jogo. Mauro questinou a coerência do especialista em arbitragem.

+ ATUAÇÕES: Marinho e Matheuzinho puxam a fila de destaques negativos em derrota do Flamengo; veja notas

- O personagem da central do apito de plantão (Sandro Meira Ricci) foi o único que queria pênalti de Léo Pereira em Itaquera (no primeiro jogo da final da Copa do Brasil) e hoje, em lance parecido, achou que não foi nada. Na sequência, queria cartão vermelho para jogador do Flamengo. Quem leva essas “análises” a sério? - ironizou Mauro.

+ VÍDEO: Torcida do Flamengo pede permanência de Rodinei para 2023

POLÊMICA

O lance em questão aconteceu aos 13 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1. O meia-atacante do Flamengo, Matheus França, executou um toque de letra dentro da área corintiana, em um carrinho para tentar cortar o lance, o zagueiro Balbuena acabou abrindo os braços e resvalando na bola. O lance foi analisado pelo VAR e nada foi marcado. Na Central do Apito, Sandro concordou com a decisão do árbitro de vídeo.

SOBRE O JOGO

A chuva e o frio não impediram 60 mil torcedores de irem ao Maracanã, nesta quarta-feira e assistirem à vitória do Corinthians sobre o Flamengo, por 2 a 1. A noite, que começou com festa rubro-negra pelo título da Libertadores, terminou com a comemoração paulista, já que o time de Vitor Pereira garantiu vaga na Libertadores de 2023.