Mauro Cezar Pereira é cauteloso com o Flamengo e diz que perfil de convocações do Galo são diferentes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O jornalista Mauro Cezar Pereira preferiu ser cauteloso ao analisar o momento do Flamengo e o início de Renato Gaúcho no Rubro-Negro. Segundo o comentarista, em uma live pós-rodada do UOL Esporte, será preciso aguardar para observar como a equipe vai se comportar com as várias convocações e comparou o perfil das convocações.

+ Veja a tabela do Campeonato Brasileiro


- O Flamengo estava jogando sem metade do time ou mais. Ficou mais de um mês mutilado pela dona CBF e seu calendário. E vai ficar de novo, ao que tudo indica, em setembro e outubro, com mais datas Fifa. Há uma diferença entre as convocações numerosas do Atlético-MG para as do Flamengo. O Atlético-MG perde cinco jogadores, mas não perde Nacho ou Hulk. O Flamengo perde Arrascaeta, Everton Ribeiro, Gabigol - salientou.


Segundo Mauro, o novo treinador do Flamengo conseguiu ter o elenco inteiro a disposição, algo que Rogério teve problemas por convocações.

- O Renato, que é um cara de muita sorte, quando volta encontra todos os jogadores à disposição. Chegou a se dar ao luxo de poupar o Isla outro dia por poupar e colocou o Matheuzinho. Isso já muda por completo. O Rogério já tinha um desgaste interno, que vai acontecer com qualquer profissional que não seja boa praça, amigão, que não seja capaz de compor em um ambiente do futebol, pouco profissional e de muita 'brodagem - completou.

Pereira finalizou dizendo que as datas Fifa nos próximos meses vão dar ideia mais clara do que de fato há de diferente entre Rogério e Renato.

- A gente vai ter uma ideia mais clara do que vai acontecer com o Flamengo quando chegar a uma data Fifa e perder muitos jogadores. Aí você vai ter um paralelo. O Flamengo viveu um período terrível, e há essa obsessão de parte da torcida por perseguir o ex-técnico e enaltecer o Renato. Cria-se uma falsa narrativa de que o Renato chegou e tudo mudou. Ele fez alguns ajustes finos no time. O Renato não encontrou terra arrasada. O time tinha problemas, deu uma ajustada e é o que precisava fazer - finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos