Mauro Cezar ironiza debates sobre torcidas na final da Supercopa do Brasil: 'Muito barulho por nada'

Jornalista manifestou sua indignação com a falta de bom futebol no clássico paulista (Foto: Reprodução/YouTube)


Mauro comentou sobre a nova polêmica em relação ao local da final da Supercopa do Brasil. Segundo ele, as manifestações do Palmeiras contra a realização do jogo no estádio Mané Garrincha, em Brasília, se assemelha ao que aconteceu com o Atlético Mineiro na temporada passada. Em vídeo publicado no seu canal no YouTube, nesta quarta-feira, ele ironizou o episódio e responsabilizou a CBF pela situação.

O comentarista destaca que a CBF precisa tomar a decisão e definir uma sede fixa para receber o torneio, como acontece em outras ligas do mundo. Do outro lado, o Alviverde teme um possível favorecimento ao Flamengo com o jogo sendo feito em no Distrito Federal - onde o clube tem muitos torcedores.

+ Flamengo recebe proposta maior por João Gomes, Barcelona quer craque alemão… o Dia do Mercado!

- Agora, o Palmeiras emitir nota que o Flamengo, por intermédio do patrocinador, teria acesso primeiro aos ingressos antes dos palmeirenses, não é o ideal. É muito barulho por nada - afirmou.

+ Palmeiras emite nota oficial e garante equilíbrio no número de ingressos na Supercopa

O jornalista relembra o confronto das equipes no estádio em 2016 e que, na ocasião, muitos alviverdes estiveram presentes no estádio e fizeram frente aos rubro-negros nas arquibancadas.

- Se você pegar o Morumbi, colocar Flamengo e Palmeiras e destinar a mesma quantidade de ingressos para as duas torcidas, sendo os rubro-negros menores em São Paulo, eles são capazes de encher aquele estádio tranquilamente - afirmou.

+ Mané Garrincha faz proposta milionária para receber Supercopa entre Palmeiras e Flamengo

A Supercopa do Brasil 2023, entre Palmeiras e Flamengo, será no dia 28 de janeiro, às 16h30. Será a segunda vez que as duas equipes vão se encontrar na grande decisão do torneio. A primeira foi em 2021, quando o Flamengo era o atual campeão brasileiro e os paulistas tinham ficado com o título da Copa do Brasil. Após um 2 a 2 no tempo normal, o Rubro-Negro ficou com o troféu nas penalidades.