Mauro Cezar detona atuações no clássico paulista, dispara contra o futebol brasileiro e alfineta jornalistas

Jornalista manifestou sua indignação com a falta de bom futebol no clássico paulista (Foto: Reprodução/YouTube)


Mauro Cezar não economizou nas críticas às equipes de Palmeiras e São Paulo, após o clássico paulista que terminou sem gols, neste domingo. Durante o programa "Canelada", da Jovem Pan, o jornalista usou a partida entre os rivais como uma exemplificação dos jogos de baixa qualidade que acontecem no futebol brasileiro atualmente.

Em seu comentário, Mauro detonou as equipes do futebol nacional, principalmente as que são comandadas por treinadores brasileiros, e os jornalistas que não se posicionam de maneira mais contundente sobre as atuações ruins nos jogos do país.

+ ATUAÇÕES: Dudu tenta salvar o dia de um Palmeiras pouco inspirado em clássico

- A questão é que, jogos como o de hoje passam por essa tolerância geral que nós (brasileiros) temos com os jogos ruins. Existe uma “tropa de choque” de defensores dos técnicos brasileiros. Na mídia brasileira, está cheia deles. Geralmente, são analistas táticos, são muito mais isso do que jornalistas, alguns nem jornalistas são. E eles sempre procuram uma virtude nestes jogos para passar pano, para não colocar o dedo na ferida e não criticar um jogo ruim que poderia ser bom - disparou o jornalista.

+ Com Palmeiras e São Paulo, Record desbanca Globo e é líder de audiência

No Allianz Parque, Palmeiras e São Paulo fizeram uma partida sem muitas emoções e o Choque-Rei terminou empatado em 0 a 0.

A partida ficou marcada pela atuação da arbitragem, principalmente do lado palmeirense, que teve um gol bem anulado no início do segundo tempo. Minutos depois, Piquerez caiu na área, após receber um toque de Arboleda, mas a cabine do VAR nem recomendou a revisão do lance pela árbitra Edina Alves Batista no vídeo.