Mauro Cezar critica 'sommeliers de vacina': 'Basta dessa cretinice'

·1 minuto de leitura


Mauro Cezar, que já foi internado por complicações da Covid-19, criticou os 'sommeliers de vacina', pessoas que buscam apenas determinada vacina de um laboratório específico. O jornalista classificou a atitude como egoísta e relembrou que o movimento atrapalha a vacinação em massa do país.
+ Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

A priori, o comentarista classificou como "cretinice" a escolha de "marcas" de vacinas e enalteceu a responsabilidade de profissionais da saúde.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em seguida, chamou de egoísta a ação de 'sommeliers' e relembrou as mais de 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil para questionar a continuidade de festas clandestinas e do movimento antivacina.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mauro Cezar recebeu a primeira dose da vacina no início de junho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos