Mauro Cezar critica mosaico feito pela torcida do Fluminense na final do Carioca: 'Babaquice'

·1 minuto de leitura


O Maracanã recebeu diversos mosaicos na vitória do Flamengo por 3 a 1 em cima do Fluminense na decisão do Cariocão 2021. O comentarista Mauro Cezar Pereira, que venceu a Covid-19 recentemente, criticou estes tipos de manifestações das torcidas e, especialmente, a que levava a frase "orgulho de não ser como vocês", montada pelas torcidas organizadas do Tricolor.

> Confira a classificação atualizada da Libertadores 2021 e simule os jogos!

- Cago para mosaicos. Acho que já deram, tornaram-se chatos. Sem público, pior. Nesses "Fla-Flus" viraram versão monstro das provocações dos ultras italianos, que durante os jogos abrem inúmeras faixas provocadoras e as exibem para os rivais. Mas a frase colocada ontem no lado tricolor foi abjeta. Como se torcer por um time fizesse de alguém melhor ou pior - iniciou o comentarista em suas redes sociais.

- Frase baixa, vil, que generaliza o rival e no fundo parece exibir certo inconformismo com o descolamento financeiro e técnico entre Fla e Flu. Algo que no campo vai se escancarando com enorme naturalidade. Ninguém é melhor ou pior do que alguém por ser Flamengo, Fluminense ou torcer por qualquer outro time - continuou o jornalista.

- Como rubro-negro, conheci tricolores que me inspiram, pessoas que respeito, e rubro-negros que detesto, f...-se que também sejam Flamengo. As qualidades dos seres humanos não se atrelam aos times pelos quais torcem. Que babaquice - concluiu Mauro Cezar Pereira.

Veja abaixo a publicação original do jornalista no Instagram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos