Mauro Cezar acende o alerta para o Flamengo e destaca retrospecto do Defensa no Brasil: 'Situação perigosa'

·1 minuto de leitura


Mauro Cezar Pereira acendeu o alerta vermelho para o Flamengo, que enfrenta o Defensa y Justicia, da Argentina, na próxima quarta-feira, no Mané Garrincha em Brasília, com público, após vencer os argentinos fora de casa. O jornalista relembrou o retrospecto vitorioso recente do adversário do Rubro-Negro contra times brasileiros.

+ Veja os duelos da Libertadores e simule!

- Acho a situação do Flamengo ainda mais perigosa, porque o Defensa y Justicia já veio ao Brasil duas vezes esse ano e venceu o Palmeiras em ambas, venceu em São Paulo na fase de grupos, havia perdido em casa em um jogo com 11 desfalques por conta de covid e venceu lá em Brasília, onde acontecerá esse jogo, até isso, tem outro detalhe, o time argentino conhece o estádio e triunfou lá, ganhou um troféu, foi lá que ele derrotou o Palmeiras na bola e nos pênaltis, no campo, 90 minutos, e nos pênaltis, e conseguiu o título da Recopa Sul-Americana - disse, em podcast do 'Uol Esportes'.

Mauro ainda falou sobre a presença de público já confirmada pelo governo de Brasília no Mané Garrincha. O Rubro-Negro contará com cerca de 15 mil torcedores. Está será a primeira vez em um jogo com torcida pagante desde o inicio da pandemia, em março de 2020.

Apesar da novidade, o jornalista acredita que o público não deve intimidar os visitantes.

- Mesmo com torcida acho que não muda muito, porque o Defensa y Justicia historicamente joga contra torcidas maiores contra ele, porque é um time pequeno, dos arredores de Buenos Aires - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos