Mauricio Souza provoca após bater marca impressionante na web: 'Não precisei ficar sambando em cama'

·2 min de leitura

O central Mauricio Souza voltou a provocar nas redes sociais, na noite desta quinta-feira. Após ser demitido do Minas e afastado das convocações da Seleção Brasileira de vôlei por falas consideradas homofóbicas, o atleta agradeceu o carinho de alguns seguidores e disparou ironia contra o ponteiro Douglas Souza: "Não precisei ficar sambando em cima de uma cama ou desfilando em quadra", disse ele no Instagram.

Douglas e Mauricio, do vôlei
Mauricio Souza e Douglas protagonizam debate contra a homofobia no esporte (Montagem LANCE!)

- Estou passando para agradecer todo o apoio e carinho que estão me dando. Obrigado mesmo, porque está sendo bem importante nesse momento que estou passando. Eu tinha 200 mil seguidores e, hoje, eu tenho 700 mil. Graças a Deus, eu não precisei ficar sambando em cima de cama nem ficar desfilando dentro de casa para ganhar o respeito e admiração de vocês. Estamos juntos - comentou ele. Após o vídeo, o atleta sem clube já soma mais de 1,2 milhão de usuários que o acompanham.

Leia também:

O vídeo foi compartilhado no story do perfil do jogador de vôlei. Nas últimas semanas, Mauricio tem reforçado suas opiniões em sua rede social. O atleta costumava a usar a conta para compartilhar mensagens de apoio ao presidente da República Jair Bolsonaro e propagar sua inconformidade com relações homossexuais. Homem religioso, ele havia detonado uma revista em quadrinhos há alguns dias.

Nesta semana, patrocinadores do clube onde o atleta atuava pressionaram a equipe contra as falas consideradas homofóbicas. Diversos torcedores e internautas nas redes sociais criticaram Mauricio por propagar frases preconceituosas. A provocação proferida no vídeo faz referência ao atleta Douglas Souza, ex-parceiro de Mauricio na Seleção.

Os dois estiveram presentes na campanha do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Douglas, ponteiro do Vibo Valentia, da Itália, é homossexual e viralizou nas redes sociais ao se tornar influenciador digital. Durante o evento, ele fez um vídeo testando uma cama especial que havia sido utilizada na Olimpíada.

Em entrevista recente, Douglas assumiu que já sofreu preconceito durante sua carreira como atleta. Além disso, o atleta explicou como divide a profissão de jogador de vôlei com os mais de 3 milhões de seguidores que ostenta no Instagram.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos