Mauricio Pochettino: 'Eu amaria voltar à Liga Inglesa'

Mauricio Pochettino está desempregado desde que deixou o Tottenham em 19 de novembro (Foto: AFP)
Mauricio Pochettino está desempregado desde que deixou o Tottenham em 19 de novembro (Foto: AFP)


Mauricio Pochettino tem o ar descontraído de alguém que passou três meses longe da estressante rotina do futebol. Em uma entrevista ao jornal 'Sky Sports', ele admitiu que adoraria voltar ao mundo da Liga Inglesa.

- Para ser sincero, adoraria trabalhar na Liga Inglesa. Vai ser difícil, eu sei, e por enquanto é um momento para esperar e vamos ver o que acontece - afirmou.

O treinador disse ter orgulho do que construiu no Tottenham, deixando um legado no clube.

- É claro que me sinto muito orgulhoso de tudo o que conquistei no Tottenham e, quando analiso meu tempo lá, muitas coisas positivas aconteceram. Eu assumi o comando em um momento crucial para o clube. Aplicar uma nova filosofia e novas idéias foi muito difícil, mas me sinto muito orgulhoso do sucesso que tivemos e de levar o Tottenham a um nível diferente - disse.

Sempre correto, ele nunca menciona os nomes dos clubes em que ele é especulado, especialmente aqueles com treinadores no cargo.

- Estou pronto e aguardando um novo desafio. Tenho a convicção e a confiança de que o próximo desafio será fantástico. Eu estava na Argentina, no Qatar, na Espanha e tenho Jesus (Perez, assistente de Pochettino no Spurs), que acompanha as notícias um pouco, mas noto os rumores. Todos os treinadores aceitam a existência de rumores. Lidamos com os rumores naturalmente - concluiu.

Confira a entrevista completa

Títulos
- Tudo o que eu tive que fazer foi muito assustador nesses momentos. Para destruir White Hart Lane e construir um novo estádio, para jogar em Wembley, apenas os jogadores sabem o quão difícil foi lidar com essas situações. Jogar na Liga dos Campeões por três ou quatro anos e terminar muitas vezes acima do Arsenal foi um grande legado para nós. Ganhar um título seria uma grande recompensa, mas para nós, ter o estádio e uma casa. Isso é mais do que ganhar títulos.

Chegada à Inglaterra
- Os jovens gerentes ingleses hoje têm a influência do povo europeu. Antes, o futebol inglês estava fechado. Era difícil compartilhar e misturar aqui, mas os treinadores europeus foram influentes. As pessoas foram mais abertas a descobrir um tipo diferente de futebol. Quando cheguei ao Southampton, os jogadores diriam que você precisa jogar bolas longas atrás dos zagueiros e pressionar, a abordagem era sempre assim. Para mudar essa mentalidade, era difícil, mas agora você pode ver um estilo diferente no futebol. Isso faz da Liga Inglesa a melhor liga do mundo.

'Energia universal'
- Sempre acreditei nessa energia: quando você sonha e pensa, ficará obcecado em encontrar algo. Então, essa energia o ajudará a encontrá-la. Eu não sei se alguém colocou essa ideia no meu cérebro, ou se é minha, mas está lá. A energia está lá, mas apenas se você acreditar. É tudo sobre você, se você acredita ou não. Se você não quer ver essa energia, ela desaparecerá.


















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também