Maurício Souza se desculpa por 'defender aquilo que acredita': 'Não pode mais colocar valores acima de tudo'

·2 min de leitura


Depois de ser afastado do Minas Tênis Clube por posts com declarações homofóbicas, o central Maurício Souza usou o Instagram para se desculpar 'a quem se sentiu ofendido'. Em um trecho do vídeo, o jogador de vôlei lamenta: 'Infelizmente não pode mais colocar os valores de família acima de tudo'.

– Vim aqui para pedir desculpas a todos que se sentiram ofendidos com a minha opinião, por eu defender aquilo que eu acredito. Não foi a minha intenção. Assim como vocês defendem o que vocês acreditam, eu também tenho o direito de defender o que eu acredito. E precisamos brigar por isso – disse Maurício.

– Infelizmente a gente não pode mais dar opinião, não pode mais colocar os valores acima de tudo, os valores de família, os valores do que a gente acredita. Mas os valores de vocês a gente tem que respeitar a qualquer custo, ou a gente é taxado como homofóbicos ou preconceituosos. Eu não concordo com isso - completou.

O vídeo é uma consequência da ação do Minas Tênis Clube. Pressionado pelos principais patrocinadores, a equipe mineira decidiu afastar, multar e exigir uma retratação do jogador, após declarações homofóbicas publicadas em redes sociais.

ENTENDA O CASO
Uma cena de beijo entre dois homens em uma revista em quadrinhos chamou a atenção do mundo do esporte, nesta sexta-feira. Os atletas da Seleção Brasileira de vôlei Mauricio Souza e Douglas Souza trocaram indiretas nas redes sociais sobre uma página da revista em quadrinhos do Super-Homem e um gesto de afeto homossexual.

Mauricio iniciou o debate público ao realizar uma postagem no Instagram reclamando de uma imagem do novo Superman, filho de Clark Kent, dos HQs da DC Comics, Joe Kent, que é bissexual. Em comentário, ele escreveu: "Ah, é só um desenho, não é nada demais'. Vai nessa que vai ver onde vamos parar".

Douglas Souza, assumidamente homossexual e personagem ativo nas redes sociais, criticou o ex-colega de Seleção Brasileira de forma indireta. Sem citar nomes, ele comentou que era "engraçado que não 'virei heterossexual' vendo os super-heróis homens beijando mulheres… Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade para a sua heterossexualidade frágil". Outras atletas, como o ginasta Artur Nory, elogiaram a fala do ponteiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos