Maurício Souza avalia justiça no Fla-Flu e reforça confiança em Michael: 'Não veio para o Flamengo à toa'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Pela 3ª rodada da Taça Guanabara do Campeonato Carioca, o Flamengo conheceu a sua primeira derrota na temporada. O Fluminense o venceu, neste domingo, no Maracanã, por 1 a 0, e o técnico Maurício Souza comentou a respeito da "justiça" no placar, uma vez que o Rubro-Negro dominou as ações ao longo do clássico, mas saiu derrotado com um golaço na reta final.

- Claro que não considero o resultado justo, mas a gente sabe que futebol não se vive de justiça. Falei isso para eles no intervalo. Acho que poderíamos ter feito gol no primeiro tempo, mas o nível de concentração tem que estar alto o tempo todo. Acabaram acertando belo chute e saíram com a vitória. Os números retratam o jogo que a gente fez, mas o volume tem que ser traduzido em gol, que é o que define a partida.

- Tivemos 24 finalizações, foram 11 chances de gol. Tivemos mais posse, empurramos o Fluminense para trás e poderíamos ter aberto o placar. O que faria, de repente, o Fluminense sair um pouco mais. Mas isso não aconteceu - completou Mauricinho, que completou 47 anos no último sábado.

Maurício Souza também comentou sobre a situação de Michael, que abriu mão das férias e atuou nos dois últimos jogos com a equipe alternativa, mas que deixou a desejar em ambos os compromissos.

- O Michael quer muito recuperar sua melhor forma, tem se dedicado demais nos treinamentos, muito alto-astral. Ele sabe que não vive a melhor fase dele. Temos um plano de aumentar a minutagem dele para readquirir a confiança. Ele não veio para o Flamengo à toa, já mostrou qualidade.

Michael - Flamengo
Michael - Flamengo

Michael não teve bom rendimento (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O treinador também avaliou o rendimento do Fla nas três primeiras rodadas do Estadual. Cabe destacar que ele não precisou se, na próxima partida, o clube ainda será representado pela molecada e comandado por ele.

- Para mim foi extremamente positivo (esse balanço), pela forma como se comportaram. Tivemos controle total dos jogos, inclusive hoje. Algumas vezes até furamos a retranca (de outros adversários). Faltou um pouco mais de capricho e de calma. Saio muito triste com o resultado. Muito triste mesmo. Acreditamos até o final que poderíamos ganhar. Mas faltou o gol.

- Isso (até quando o time alternativo vai jogar o Carioca) está sendo discutido internamente pela diretoria. Estão resolvendo. Vamos seguir até onde o Flamengo achar que devemos seguir.

+ Veja a tabela e o regulamento do Cariocão 2021

Agora, com seis pontos, o Flamengo recebe o Resende nesta sexta-feira, às 21h, pela 4ª rodada da Taça Guanabara do Carioca.