Mattos vê cartões absurdos: 'Erros da arbitragem estão muito estranhos'

O dirigente questiona arbitragem no Pacaembu (Foto: Cesar Greco)

Mattos vê cartões absurdos: 'Erros da arbitragem estão muito estranhos'

O dirigente questiona arbitragem no Pacaembu (Foto: Cesar Greco)


Apesar da liderança isolada do Campeonato Brasileiro e da vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, o Palmeiras não deixou o Pacaembu satisfeito neste domingo. Após a partida, o diretor de futebol alviverde, Alexandre Mattos, fez duras críticas aos cartões amarelos mostrados para Mayke, Bruno Henrique e Lucas Lima, que estavam pendurados e não enfrentam o Flamengo na próxima rodada.

- A gente manda DVD e cobra. Eles falam que vão rebaixar um e outro, mas parece que o árbitro já vê claramente o jogo no Maracanã. Sabia que o Marcos Rocha estava machucado, deu cartão para o Mayke que não era para dar. Deu cartão para o Bruno Henrique que não era para dar. Deu cartão para Lucas Lima que também não era para dar. Então, foi um cartão atrás do outro, ele direcionou. Mais uma vez a gente fica pensando e cobrando, pois está muito estranho. Do jeito que foi está muito estranho. Parece que já sabe que tem um jogo no Maracanã, já tira meio time e as opções também. Não dá mais para ficar só calado e mandar DVD. Alguém tem que pegar o microfone e colocar no responsável - desabafou o dirigente, que completou em seguida:


- Jogo passado teve um pênalti duplo, algo que nunca vi na minha vida, e o árbitro não deu. Agora, hoje é muito claro. Foi dando cartão absolutamente desnecessário, citei três casos que não era para punição. Ele fez o favor de desfalcar o Palmeiras em um jogo importante. Então, fica aqui a pergunta: Será que ele sabia do jogo contra o Flamengo? Não dá mais para vir aqui e falar de arbitragem. Queremos um campeonato limpo. Situações como essas geram dúvidas se é algo direcionado para algo do próximo jogo, que pode representar muito no campeonato. Eu tenho convicção que está estranho. O árbitro não vem aqui dar explicação. Por que não coloca o microfone nele para questioná-lo? O Palmeiras vem em uma sequência de erros de arbitragem muito estranha.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Deyverson acertou uma solada na barriga de Richardson e recebeu cartão vermelho direto. Mattos também comentou e criticou a decisão do árbitro André Luiz de Freitas Castro neste lance.

- Essa é uma situação interna e internamente resolvemos. Mas, os dois levantaram a perna. Talvez o Deyverson errou em não ficar rolando no chão. A preocupação é se o árbitro já pensa se da para desfalcar nossa equipe - concluiu.

O Palmeiras esquece o Brasileirão por enquanto e foca apenas na Taça Libertadores. Na próxima quarta-feira, o Verdão enfrenta o Boca Juniors, em Buenos Aires, pela primeira partida das semifinais. O jogo de volta acontece no dia 31 de outubro.








Leia também